Noite de Clássicos Na Cidade de Itaporanga

20180416_193636
Noite de Clássicos Na Cidade de Itaporanga

(ReyAuCa)

Sabe leitor, ontem na Câmara de Vereadores de Itaporanga eu fui viajar. Viajar sem sair do lugar, mas indo muito longe. Uma viagem para dentro. Essa a melhor e mais emocionante viagem.  Tem gente que viaja muito para fora, mas não dá uma viajada por dentro e é lá, segundo o grande Jesus, o de Nazaré, o mestre por excelência, que  está o “Reino de Deus”.  Está muito perto, mas muito longe. 

20180416_193902É que tudo depende de maturidade espiritual. Infelizmente a cristandade entendeu muito pouco de tudo o  que Jesus disse. A maioria de nós é “ Cristão Funcional”. Criamos  muitos artifícios, pompas, instrumentos inúteis e, assim,  afastamos  a simplicidade da  mensagem excelente de Jesus, que está muito presa nas igrejas das ilusões, mas não alcançou, ainda, nossas mentes e corações e  daí tanta dor. Ainda bem que o Espiritismo chegou e  espero que ele não falhe. 

20180416_195746Em minha opinião a música clássica sempre é um louvor a vida e está de parabéns o Governo do Estado da Paraíba, que teve essa idéia de gênio de levar a música clássica á escola pública. É um legado que ficará. Refiro-me ao PROGRAMA DE INCLUSÃO ATRAVÉS DA MUSICA E DAS ARTES, o conhecido  PROJETO PRIMA. Eu sou fã incondicional do Pólo de Itaporanga, que fica ali, na Rua Deocleciano Pereira Neves,  na antiga Escola do Estado TEREZINHA GOMES.  É um ambiente diferente, que respira concórdia, alegria, energia juvenil. Muitas adolescentes bonitas e marmanjos dedicados. É uma parte do céu na   Terra. Eu fui envolvido  por essa meninada que sabe o que quer e que está procurando um lugar ao sol.

20180416_195031Quando coloquei a minha JULIANNA no projeto era uma garotinha e hoje já está “contaminada” pela música clássica, pelo som do violino, que encanta a vida. Eu também, leitor. Vou te contar um segredo, até me matriculei nas aulas de teclado, mas o  meu tempo não me permite. Mas, sempre que posso acompanho os ensaios dessa garotada bonita. É um ambiente diferente. Dá até para relaxar dos embates sociais do dia-a-dia. Muita alegria e alegria positiva no ar.

Não podia deixar de registrar aqui o empenho do Coordenador  JOSÉ MARCIO FERNANDES, que se dedica ao projeto como ninguém. Djalma; Geraldo e Junior Calixto, a dupla da nossa vizinha cidade de SERRA GRANDE, que tocam como nunca vi ninguém tocar; José Leite, professor de Madeiras; o nosso conhecido “MAMÁ”, dedicado no que faz; José Erivam e Maria de Lourdes no apoio. É uma equipe  Dez.

Nós os pais vibramos por cada apresentação e até gritamos ao fim de cada uma.

– Papai, o senhor gritou antes da apresentação da peça e atrapalhou a sua execução?

– É a ansiedade, filha, de vibrar por esses artistas da melhor arte.

Eu queria gritar mais alto! Gritar ás autoridades que os entes do Estado de Direito deveriam apreciar, estimular, sustentar a boa música, permitir aos nossos filhos a oportunidade das verdadeiras buscas. Fiquei triste leitor, pois não vi um só vereador na noite de brilho. Nem representantes. Nem tampouco algum representante do executivo. Mas, estavam os pais e as pessoas que admiram a música de qualidade e nós vibramos com as madeiras, os metais, as cordas, as flautas, a percussão…

Foi uma noite especial. Estou aqui a sonhar com o grande concerto que acontecerá na cidade de João Pessoa, no teatro SANTA ROSA. Eu vou gritar leitor, vou gritar como ninguém já gritou e dizer ao mundo: E VIVA AS CRIANÇAS, A JUVENTUDE! Nem tudo está perdido e o nosso Brasil tem conserto.

VIVA A OSQUESTRA SINFÔNICA JOVEM, MAESTRO RADEGUNDES  FEITOSA NUNES

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO.

 

 

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *