A Briga dos Lobos

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
……………………………………………………………………………
Painel campos 11221414_203084856689716_895485933022595349_nA Briga Dos Lobos
(Reynollds Augusto Cabral)

Eu confesso a vocês que estava meio cansado para ir ao Centro Espírita Jesus de Nazaré ontem á noite. O danado é que sempre arranjamos desculpas para não estar com Jesus, seja na igreja , seja no Centro Espírita, seja no trabalho voluntário do bem e tudo mais.

É que não somos tão compromissados com os nortes de ordem espiritual. Poderia não ter ido, pois tinha vindo do Cesb- Espírita de Boa Ventura e já tinha tomado um banquete daqueles com o “Educação dos Sentimentos”, que acontece todo último sábado do mês, facilitado por Cláudia Bandeira.

Mas fui. Temos que estar brigando com o corpo. Ele só quer moleza. Não poderia deixar de gravar a excelente palestra do meu irmão empresário JOSÉ CAMPOS sob o tema, ESTUDANDO A REFORMA ÍNTIMA.

Se você não foi leitor, por preguiça, moleza, cansaço, preconceito ou tudo mais, não pode ir, vai ouvi-la em um lugar neutro, na Rádio Boa Nova Comunitária de Itaporanga, segunda pelas 17 horas( : http://www.radios.com.br/aovivo/Radio-Boa-Nova-87.9-FM/31336 ou baixar aplicativo no: http://www.radiosnet.com/)
. E se eu fosse você eu até gravaria, pois no fim ele fechou com chave de ouro dando quatros dicas de relacionamentos que, se praticado, é equilíbrio certo. Quem disse foi o nosso grande RAUL TEIXEIRA, que quando fala da sua boca saem estrelas.

Até rimou. Eu e essa mania de ser poeta. Um dia chego lá.

Mas o nosso papel na vida é esse, o progresso interior desenvolvendo a razão e o sentimento. É que nós, equivocadamente, leitor, desenvolvemos as nossa fés para alimentar os nossos equívocos, orgulho e egoísmo, e fazer barganha com Deus. Ainda bem que ele sabe da nossa imperfeição e para que se possa adquirir a maioridade espiritual leva tempo. Só dá o que precisamos. Pedimos de uma forma, ela dá de outra, mas nunca deixa um filho sem resposta. Ama a todos.

É como uma criança diabética proibida de comer doce e que chora, se rasga, para tentar convencer o Mae, mas ela sabe que não pode dar, se sustentando, oferecendo o que realmente alimenta. Fazemos promessas e mais promessas, queremos trocar com Deus, para que os nossos desafios, que são legitimamente nossos, sejam retirados do nosso caminho como mágica.

É como aquele aluno preguiçoso que quer passar no ENEN, fazendo promessas, sem estudar. E a coisa não funciona bem assim.

Tem religião que afirma que se você é pobre e está em maus lençóis é porque sua fé está fraca, ou está dando pouca “oferta financeira a Deus”. Ele não precisa do seu dinheiro. Mais uma vez é a menoridade espiritual, Lemos letras das chamadas escrituras sagradas e não entendemos um só símbolo da proposta. E pobreza, leitor, é coisa de Deus, nos prepara á singeleza á humildade, agora miséria não, é coisa do homem egoísta e orgulhoso que quer sempre mais em busca do poder temporal que fica e que teremos que prestar contas, pois daqui a pouco seremos todos “história”, pelo menos nessa encarnação.

Mas, eu vou escrever aqui as quatro dicas de equilíbrio proposta por Raul Teixeira. Preste a atenção!

Anote e viva

Primeiro: “Falar sempre de forma a nunca atacar a quem quer que seja”. Discuta ideias sem atacar pessoas.

Segundo: “Não Tomar nada como pessoal”. Outro dia, no nosso grupo interno, uma das nossas irmãs fez uma brincadeira saudável e a turma tomou para si, foi um reboliço danado. Mas, ficou a mensagem.

Terceiro: “Não fazer suposições.” Seja seguro, busque a verdade. Nada de “nem, nem, nem”. Só ela liberta, segundo Jesus, o nosso modelo e guia.

Quarto e último: Faça sempre o melhor que puder, com sinceridade e boa vontade, ou seja, dê o melhor de si que a vida dará a você o melhor que ela tem.

Esqueci-me de falar do lobo. São dois bichinhos que existem dentro de nós. O lobo mal e o lobo bom. Sobreviverá aquele que você alimentar.

Vá a sua casa de oração, seja ela espírita, católica ou evangélica. Alimente o bem, pois a “seara é grande”, mas os trabalhadores ainda são poucos, disse Jesus. E não temos tempo a perder.

Todos os dias nos despedimos da vida física.

Foi Jesus quem disse: “Bem aventurados os homens de Boa Vontade!”.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *