Em Busca Da Luz

 

esquete11164052_688104564649801_6436109033303928437_nPENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

………………………………………………………………………………..
Em Busca da Luz 
(Reynollds Augusto)

É bom desenvolver hábitos felizes. Sair por aí e aproveitar os detalhes simples da vida. Apreciá-los, senti-los. É besteira perder tempo com a gravidade que nós próprios experimentamos e criamos. Tem gente que vive pesado.

Mas, todos os sábados gosto se sair com a minha filha mais nova, JULIANNA, o amor da minha vida, sem desconsiderar as outras duas, gêmeas, que são os meus amores primeiros.

Na feira de Itaporanga de tudo tem. É lá que todos os sábados há o encontro de todos os “valences. A cidade fica animada, festiva, movimentada. Faz-me relembrar os dias vinte, de cada mês, quando as caravanas se deslocavam dos sítios para cultuarem o meu “padim, padim Cíço. Era uma animação! Pífanos, fogos, procissões, balões, festas… Ficou no passado, pois nada fica para permanecer, só o espírito imortal segue adiante, sem nunca morrer. Eita, até rimou.

Mas quem disse que a juventude está perdida?

Conversa fiada. Há muito mais bem acontecendo e os jovens são protagonistas dessa história, de verdade. Eles estão por aí disseminando o amor e a alegria. É que a imprensa falada e escrita só busca desgraça, politicagem, zoada.

A feira de Itaporanga, além de vender de tudo, serve de palco para os cultos evangélicos, conclamando os transeuntes a lembrar-se de Jesus, tão esquecido nos dias atuais.

Os espíritos nos disseram que somos imortais, em franco processo de evolução e no tempo certo todos encontrarão a luz. A luz é um símbolo e significa o desenvolvimento da razão e do sentimento. As suas asas que nos levam a Deus. Você precisa pensar e sentir. Se você sente e não pensa, a sua fé é frágil; se você pensa e não sente o seu conhecimento é medíocre.

Mas hoje, no nosso shopping ao ar livre, presenciei um esquete interessante dos jovens evangélicos da Primeira Igreja Batista de Itaporanga, se não me engano. A luz, chamando várias pessoas que se encontravam nas trevas. A garota fazendo todo o esforço para se desgarrar das suas ilusões, das duas pseudo-verdades e os seus comparsas não permitindo que ela fosse à busca da luz. A encenação fez-me relembrar do “Mito da Caverna de Platão”, centenas de anos antes do Cristo. Mostrando que Deus nunca nos desamparou.

Outra grande juventude, a juventude espírita da Paraíba, se reunirá em julho no Colégio de Padre Zé, para realizar o SERTÃO JOVEM ESPÍRITA versão 2015. São os jovens buscando a luz. Nem tudo está perdido

O bem é maior. E estamos a caminho.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

 

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *