Em Busca Da Luz

 

esquete11164052_688104564649801_6436109033303928437_nPENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

………………………………………………………………………………..
Em Busca da Luz 
(Reynollds Augusto)

É bom desenvolver hábitos felizes. Sair por aí e aproveitar os detalhes simples da vida. Apreciá-los, senti-los. É besteira perder tempo com a gravidade que nós próprios experimentamos e criamos. Tem gente que vive pesado.

Mas, todos os sábados gosto se sair com a minha filha mais nova, JULIANNA, o amor da minha vida, sem desconsiderar as outras duas, gêmeas, que são os meus amores primeiros.

Na feira de Itaporanga de tudo tem. É lá que todos os sábados há o encontro de todos os “valences. A cidade fica animada, festiva, movimentada. Faz-me relembrar os dias vinte, de cada mês, quando as caravanas se deslocavam dos sítios para cultuarem o meu “padim, padim Cíço. Era uma animação! Pífanos, fogos, procissões, balões, festas… Ficou no passado, pois nada fica para permanecer, só o espírito imortal segue adiante, sem nunca morrer. Eita, até rimou.

Mas quem disse que a juventude está perdida?

Conversa fiada. Há muito mais bem acontecendo e os jovens são protagonistas dessa história, de verdade. Eles estão por aí disseminando o amor e a alegria. É que a imprensa falada e escrita só busca desgraça, politicagem, zoada.

A feira de Itaporanga, além de vender de tudo, serve de palco para os cultos evangélicos, conclamando os transeuntes a lembrar-se de Jesus, tão esquecido nos dias atuais.

Os espíritos nos disseram que somos imortais, em franco processo de evolução e no tempo certo todos encontrarão a luz. A luz é um símbolo e significa o desenvolvimento da razão e do sentimento. As suas asas que nos levam a Deus. Você precisa pensar e sentir. Se você sente e não pensa, a sua fé é frágil; se você pensa e não sente o seu conhecimento é medíocre.

Mas hoje, no nosso shopping ao ar livre, presenciei um esquete interessante dos jovens evangélicos da Primeira Igreja Batista de Itaporanga, se não me engano. A luz, chamando várias pessoas que se encontravam nas trevas. A garota fazendo todo o esforço para se desgarrar das suas ilusões, das duas pseudo-verdades e os seus comparsas não permitindo que ela fosse à busca da luz. A encenação fez-me relembrar do “Mito da Caverna de Platão”, centenas de anos antes do Cristo. Mostrando que Deus nunca nos desamparou.

Outra grande juventude, a juventude espírita da Paraíba, se reunirá em julho no Colégio de Padre Zé, para realizar o SERTÃO JOVEM ESPÍRITA versão 2015. São os jovens buscando a luz. Nem tudo está perdido

O bem é maior. E estamos a caminho.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

O Direito Anterior

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
……………………………………………………………………………………
O Direito AnteriorREG 200x150_thumb[5] regressão
(Reynollds Augusto)

Antes do estabelecimento do Direito Social, fenômeno dos tempos e da maturidade do coletivo, há um Direito Anterior; de Deus mesmo, que a academia apelida de direito natural.

É uma associação pertinente, uma vez que a natureza não pode ser obra do acaso ou do nada. Sendo reflexo dessa causa causal. Primeiro porque o acaso não existe e a vida, nas suas diversas amplitudes, é “causalidade”; e segundo, pois o nada não cria nada.

Tem gente que diz que Deus não existe. O Difícil é provar isso. Não me refiro ao “deus” das religiões que se afastaram do Deus real, proposto por Jesus, e pelos grandes filósofos da espiritualidade. Esse, não existe mesmo. É fruto da cabeça de muitos desavisados, que não entenderam o Direito Natural, obra do verdadeiro Deus. As igrejas viraram, e com maior gravidade, bancos de negócios. Tirando algumas raras exceções. E o povo “quer é se dá bem”. Coitados!

“De que adianta ao homem, ganhar o mundo e perder a sua alma” (Jesus)

Há uma força anterior, geratriz, que comanda e organiza a vida no cosmo e isso com equilíbrio, pois são leis tão perfeitas quando o criador. As nossas leis quanto mais aproximadas à do Direito Anterior propiciarão mais satisfação e equilíbrio.

O problema é a produção. Enquanto que as leis do Direito natural são tão perfeitas quanto o seu “legislador” as do Direito Social são tão imperfeitas quanto o povo, que gera tal direito por meio de representantes eleitos e que são escolhidos de maneira não muito digna, pelo menos em sua maior parte. Quando eles chegam lá, servem de marionetes aos Lobbys dos grandes interesses, esquecendo-se daqueles que os legitimaram no poder.

Mas, tudo é um processo e já foi pior.

Segundo os imortais a lei natural é a lei de Deus e ela a única verdadeira á felicidade do homem, pois nos mostra o que devemos ou não fazer e só somos infelizes quando nos afastamos dela, sendo eterna e imutável como o próprio Deus, não comportando emendas, pois já é perfeita e o que é perfeito não precisa de mudanças. É não há apenas um alei natural, uma vez que todas as leis naturais são leis divinas, tendo em vista ser ele (ou ela) o autor de tudo. (Deus não tem sexo)

“O sábio estuda as leis da matéria, o homem de bem estuda e praticas as da alma”

Mas, uma “vidinha” de “míseros” cem anos, não dá para entender nada. Ainda bem que somos imortais, experimentado várias existências, nessa vida que é uma só, rumo á plenitude, que as religiões chamam de “salvação”, que nada mais é do que evolução. E assim, vamos aprendendo e vivenciando os comandos legais, das leis de DEUS e adquirindo FELICIDADE, que é o que nos interessa.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

A ONDE ESTARÁ EMMANUEL?

 PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

…………………………………………………………………………..
Emanuel transferirA Onde Estará  Emmanuel?
(Reynollds Augusto)

Não importa, e especular isso é infatilidade. É certo que ele reencarnara, pois o progresso não pode parar, segundo os imortais. Voltou para trazer luzes á humanidade, como sempre o fez, desde o dia que entregou a sua alma ao Cristo, há milênios e viu a sua linda esposa, Lívia, desencarnar, devorada pelos leões, em nome de Jesus, que ele perseguira do alto de sua empáfia e do seu orgulho romano.

Emmanuel, que veio ao planeta Terra, dentre outras vezes, como o romano Publius Lentulus Cornelius, tornou-se um complementador, um excelente intérprete do Evangelho de Jesus, o Cristo. Quem lê as suas obras, entende a profundidade do que está por trás dos símbolos.

“Ave Cristo”, por exemplo, é um clássico da literatura espírita e duvido que você não chore ao lê-lo. A escrita, o roteiro, os detalhes, nos faz mergulhar no passado e viver, sem sair do lugar, a grandeza de uma época e daquele homem que mudou a face da humanidade. É como se estivéssemos em Roma, andando nas ruas, vendo a geografia do lugar.
Estou precisando lê-lo novamente, lubrificar os meus olhos, emocionar-me, entender esse evangelho de vida, que traz vida e é o esteio dessa humanidade ainda primitiva.

Nada de novo, só que o velho precisa ser aplicado, vivenciado. É o principal código de ética da humanidade. Não totalmente depurado, pois o mestre nunca escrevera nada e tudo que existe em torno dele se refere aquilo que disseram o que ele tinha dito. Pois “morto o pastor, as ovelhas se dispersariam”.

Foi o que aconteceu, como também foi por isso que ele antes de morrer, ou de matarem-no, prometeu que não nos desampararia e mandaria outro consolador, que ficaria eternamente conosco. É por isso que esse Consolador é a Doutrina Espírita, que resgata a sua proposta de raiz e diz novas verdades, sem dogmas, que ferem a razão e sem fanatismo que escurece a visão.

Não importa onde se encontra o “Espírito Emmanuel”, um eterno propagador da mensagem do alto, de Jesus, que, em minha opinião, só encarnou uma única vez no Planeta terra para trazer a grandeza da vida.
Mas, Emmanuel está por aí, já com seus mais ou menos doze anos e com a ajuda de outros, que também vieram auxiliá-lo, nesse desiderato, pois ninguém faz nada sozinho, como diz a música, para fazer com que o progresso continue.

É possível que não tenha reencarnado em família espírita, é possível que sim. Mas o certo é que o Emmanuel, Publius Lentulus Cornelius, será um impulsionador do progresso da humanidade. Um educador. Quem sabe um político, pois nessa área estamos sofrendo.

A onde ele está?

Não importa. Deus nunca nos desampara.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO.

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Juízo Final

Quem sou eu?

(Reynollds Augusto)

 Não é uma pergunta muito fácil de responder, de maneira pronta. Não somos, apenas, essa pessoa, com esse RG e com esse CPF. Somos muito mais. Somos antes de tudo espíritos imortais, que utiliza um corpo físico, temporal, perdendo a sua energia vital a cada segundo, rumo ao retorno, desencarne, que as pessoas chamam de morte.

 Pense num “negócio” que ninguém fugirá e que acontece a cada dia, sem percebermos?

 E é bom que seja assim, pois se soubéssemos o dia do retorno, ficaríamos ansiosos. O leitor sabe que o dia da morte do corpo físico, só Deus sabe. Nem os espíritos podem vislumbrar. Se algum deles te disser isso, desconfie. Tá zombando, te enganando. Deus sabe, porque para ela não há tempo e nem espaço, é onisciente, onipresente, sabendo de tudo, presente, passado e futuro. Eita! Até rimou.

  Na verdade , quando o bíblico disse que só se morre uma vez, tem toda razão. Eu e o leitor, nessa condição, com essa personalidade, só morreremos uma vez. Precisamos devolver ao planeta Terra, os elementos químicos que nos constituíram. Foi um empréstimo.  Ferro, potássio, magnésio… água. Somos 70 por cento feitos de água. Somos águas andantes, pensantes.

 As concepções teológicas, com base nos textos bíblicos, defendem que Deus criou o homem, colocando-o no mundo para “reinar”.  Passa uma temporada por aqui, que por mais longa que aparentemente seja, chega logo, pois o tempo é ilusão e depois dormirá para o juízo final. Pense numa coisa sem sentidJuizo finalo.

 O mais irreal possível acontece depois.  Acontece um milagre. Esse sim é um milagre espantoso. Os corpos sairão de dentro do caixão, mesmo que não possua mais nem osso.  Todos os átomos serão atraídos, reaproveitados e o corpo destruído se forma para tal juízo. E haja gente.  O planeta não caberá.

 Queria saber como Deus fará para um não pisar no pé do outro, quando vir esse “juízo”.  Sem falar naqueles que morreram queimados, carbonizados. E que dizer daqueles outros que optarão por se transformar em cinzas e não enterrados?

 Nós não ainda não entendemos as questões espirituais. E por falta de preparo, queremos materializá-las, quando tudo que foi feito do elemento material, se acabará o melhor, se transformará. O nosso planeta Terra, o nosso Sol, está se acabando. O sol é uma grande fogueira, que está queimando massa, de proporções mais que nucleares e ele, um dia, se apagará. Por conseqüência não haverá vida orgânica por essas bandas, pelo menos da forma como as conhecemos.

 Mas é bom que o leitor entenda que não se processa dessa forma. É preciso entender o que está por trás dos símbolos. Nós somos espíritos imortais, criados pela causa, que apelidamos de Deus, mas ele nem é do sexo masculino e feminino. É a inteligência suprema do universo, causa primeira de todas as coisas, que a única coisa que nos deu de graça foi a vida, não apenas a vida física, que se vai a cada segundo, mas a vida do espírito, que usa vários corpos até atingir a plenitude, que as religiões chamam de “salvação”, que nada mais é do que EVOLUÇÃO.  Foi por isso que JESUS, o nosso modelo e guia disse:

“Nenhuma das ovelhas do meu Pai se perderá”

 

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

 

 

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

” É NECESSÁRIOS QUE VENHAM ESCÂNDALOS “

PENSE-DIREITO1É Necessário que Venham Escândalos”…

(Reynollds Augusto)

 

O mestre dos mestres foi quem disse isso e ainda completou… “mas aí daquele por quem escândalos venham”.

 

É simbólico e profundo. O que estamos vendo nos noticiários, no que diz respeito aos escândalos.  é “coisa de doido”. Mas, doido mesmo é acreditar que eles nunca aconteceram. E se for mais além, é um modelo do que acontece em muitas administrações municipais, estaduais e em várias direções, gerências, como nos hospitais, por exemplo. O Dinheiro sai, mas não chega e quando chega , some.

 

É sintomático, mostrando que não estamos preparados para lidar com a coisa pública e na primeira oportunidade, desvia-se o dinheiro, provocando, por consequência, toda sorte de desatinos nas áreas básicas de qualquer Estado: Saúde, Educação e Segurança.

 

Todos são culpados. O enriquecimento ilícito toma proporções alarmantes. E somos culpados, pois não entendemos que estamos no Planeta Terra para, exatamente, aprender a se comportar moralmente, usando os instrumentos de conquistas, profissão e tudo mais, na realização do bem geral, pois , segundo os imortais, a sociedade está em a natureza.

 

Como ainda somos uma sociedade materialista, que lotam as igrejas da ilusão, perdemos a oportunidade de realizar em nós aquela proposta do “revolucionário”, Jesus, o de Nazaré, o Cristo.

 

“Sede perfeitos, como perfeito é o vosso Pai, que está nos céus”.

 

“Alias, o preconceito da época dizia que:” quem é de Nazaré, bom sujeito não é. Pois , era um cidade pequena  e economicamente fraca. Como pode o messias nascer em Nazaré? Diziam os judeus. E ainda hoje eles não o tem como o messias, apenas como mais um dos profetas. Não admitem o evangelho, que não faz parte do seu livro sagrado. Nós é que o incrementamos, anexamos, alteramos e ainda o usamos para discriminar, perseguir o irmão. Principalmente se ele for de outra religião. Voltamos até a vender terrenos no céu e a turma, descompromissada com a mensagem e apenas ligada em se dá bem, e angarias o “ouro do tolo” que ficará aqui, pois só levaremos ao mundo dos espíritos o que sabemos o que sentimos e o que fazemos.

 

Nossas leis, nosso direito, também está se aperfeiçoando e é tão inferior quanto a nossa condição. Ainda bem que temos a Constituição, a “bíblia do cidadão”, que contem princípios morais que coíbem a feitura de leis, de raiz, ate com princípios evangélicos, que sustenta a honestidade, a moralidade, a felicidade.

 

Eu penso que todos os Estados, pelo menos os Democráticos de Direito, existem para promover a felicidade do seu povo.  Isso me fez relembrar o positivista Kelsen: “A felicidade social, é a felicidade garantida por uma ordem social. Neste Sentido, Platão identifica justiça á felicidade, quando afirma que só o justo é feliz, e o injusto, infeliz”.

 

E isso é assim, pois as leis de Deus estão escritas na nossa consciência. E não em nenhum livro dito sagrado, dos judeus ou não. No tempo certo seremos cobrados da nossa administração, afinal somos apenas gerentes dos bens do dono e ele nos pedirá conta, pois daqui a pouco vamos “bater as caçoletas”.

E chega ligeirinho, ligeirinho, pois o tempo é ilusão.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO.

 

 

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Hoje, eu Regredi

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

…………………………………………………………………………………………..
REG 200x150_thumb[5] regressãoHoje eu Regredi
(Reynollds Augusto)

Hoje eu regredi. Calma, leitor, não é isso que você está pensando.

Todo mundo regride. A regressão alimenta um nosso mundo íntimo, revigora , traz aquele brilho aos olhos. Brilho de alegria, de felicidade. Brilho de infância. Brilho de passado, que se foi mas está sempre presente.

A regressão foi de memória. Você sabe que todas as suas experiências experimentadas, ficam guardadas na memória física, enquanto o corpo não se vai e armazenada para sempre na mente do espírito, que está fora do corpo. Se acionar elas vêm á tona. Muitos psicólogos usam esse método de regressão para tratar de fobias. As mais diversas.

Eu, por exemplo, tenho um medo excessivo de cobras. Mas, aqui para nós, quem não tem?

Quando estava fazendo o curso de Direito, na linda cidade sorriso, Sousa. Saía de Itaporanga, numa CG-125, duas horas e meia de viagem, aproximadamente. Fazia esse percurso duas vezes por semana, e ás vezes até três, pois tinha que cumprir os meus compromissos profissionais, que jamais ficaram em segundo plano.

Afora isso tinha que estudar, fazer trabalhos, participar de seminários. Foi um desafio. Mas, como disse o mestre Jesus: “Aquele que perseverar até o fim será “salvo”.

Salvo, aqui leitor, tem sentido de conquista, de a atingir as metas. Nós já nascemos “salvos”. Quem diz que você está perdido são as religiões dogmáticas, principalmente para aprisioná-lo nos seus conceitos vãos , fundamentados em interpretações equivocadas, nos livros “sagrados”. Mas temos tempo. Somos imortais.

O caminho mais próximo era e é pela estrada de Coremas, hoje pavimentada, graças ao Governador Ricardo Coutinho. Vez por outra eu pegava o atalho, do atalho e, para diminuir mais ou menos uns trinta quilômetros, cruzava o canal. Lugar deserto, silencioso que me deixava próximo da cidade de aparecida. Arriscava. Quem não arrisca conscientemente se estagna. Nunca baixou um pneu. Ainda bem.

Certo dia, ao atravessar , pelo Canal, quase morri. Vi uma jibóia, do tipo “anaconda”, parecido; a nadar, descendo o canal, numa velocidade incrível. Eu, que não sou besta, acelerei. Cheguei à cidade de Sousa, esbaforido. Não contei aos meus colegas de quarto, pois sou “cabra macho”.

À noite, ao dormir, lá pela madrugada, acordei de súbito, gritando.

- Mata a cobra, mata a cobra, mata a Cobra!!!!

O meu amigo e colega Zé Nilton, caiu da rede. Desesperado gritou:

- Cadê, Cadê. Mata, Mata, pegando o “cabo de vassouras”.

O outro colega, ERNANY, hoje casado, Pai de Família, “Cabra” Inteligente. e estudante do Direito, hoje professor  e advogado, caiu da cama e não mais dormiu.

Depois, contei a estória da cobra vista no Canal, já em vigília, e fomos tentar dormir,

Eu regredi.

Regrida também, leitor. Tem muita coisa boa para se “viver novamente ”.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Somos Sementes

1. duas sementesSomos Sementes
 (Reynollds Augusto)

 Não há uma reunião da Casa Espírita, escola de aprendizado da vida, que não tenha importância. As Reuniões dos Sábados, que eu as intitulo de “Reunião Espiritual”, pois se trata de um ajuntamento de espíritos encarnados (vivos) e desencarnados (mortos), em sua maioria, foi esclarecedora.

 Tivemos a participação da assistência, num plano piloto, que deram suas opiniões em torno de suas reformas íntimas. A nossa querida, Corrinha Chagas, que começara a amadurecer no entendimento dessas propostas, deu o ponta pé inicial, com exórdio e o “jogo” começou bem.  Logo após, o tema foi trabalhado por mim, Reynollds Augusto, esse que vos “escrivinha”. Sem a pretensão de querer ensinar, pois somos todos aprendizes, nós repassamos as idéias eficientes dessa Doutrina que é ciência, filosofia e religião.

 Quando falamos, temos que estudar antes, e antes aprendemos. E o mais importante, somos o primeiro a ouvir. Afinal, “são essas as oreias que tão mais perto da boca”.

 Logo após, tivemos a aplicação de passes espirituais e magnéticos, que era um instrumento usado por Jesus, o Cristo, para minimizar as nossas dores e por vezes, curar os nossos corpos físicos.

 Mas a Doutrina Espírita, que é o Consolador Prometido por Jesus, não veio apenas curar corpos, pois ele vai morrer de todo jeito. Ele veio tratar e curar almas, que as religiões chamam de “salvação”. A grande verdade é que todos somos sementes de Deus. Tem até uma estória que trata das nossas potencialidades divinas, mas que depende de vontade, de querer. A maioria de nós tem pouca vontade e nada quer. Queremos uma mágica do alto para a resolução dos nossos problemas, que em verdade são instrumentos para o aprimoramento, nessa vida sem fim.

 Não me lembro de quem é o autor, mas ele escreveu que duas sementes descansavam lado a lado. E isso é um símbolo, representando o dia que Deus nos criou. Só que a vida é evolução e ninguém pode evoluir só descansando. A primeira semente disse: Eu quero crescer. Quero enviar raízes ás profundezas do solo fértil e fazer crescer meus brotos para rasgarem a superfície da terra. Quero abrir botões  como bandeiras  anunciando a chegada da primavera … Quero sentir o calor do sol no rosto e a benção do orvalho da manhã em minhas pétalas. Assim ela cresceu.

 A segunda disse. Tenho medo. Se eu enraizar raízes ás profundezas, não sei o que encontrarei na escuridão. Se rasgar  a superfície dura, posso danificar meus brotos… E se eu deixar que meus botões se abram e um caracol comê-los? E se abrir minhas flores e uma criança me arrancar do chão? Não é muito melhor esperar até que eu me sinta segura?   E assim esperou.

No entanto, certo dia, uma galinha, ciscando o solo da primavera recente, á procura de comida encontrou e rapidamente comeu a semente, que estava à espera de segurança.

 Viva meu filho. Se arrisque conscientemente. Não seja como a segunda semente. Você é um deus, com “d” minúsculo, disse Jesus. E nos motivou adiantando que poderíamos fazer tudo que ele fez e muito, mais.

 Não seja com segunda semente. Não tenha medo. As “galinhas” estão soltas

 Foi uma bela noite de aprendizado.

 PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Falando Direito

campus-de-sousaFalando de Direito

(Reynollds Augusto)

Quando eu estava na academia, precisamente no Campus de Sousa, na cidade Sorriso, a cidade respirava “Direito”. Uma bela juventude oriunda de todos os quadrantes do país, como também do estrangeiro, o espírito era, por assim dizer, “jurídico”. Até as piadas eram jurídicas. Advogado, juiz, promotor, delegado, foram ironizados na boca da linda estudantada.

As festas, os trotes, eram próprios de uma diversidade de estudantes originários de todas as regiões. Por assim dizer, bem Brasil, bem plural, feliz.

Na minha sala, gente de Petrolina-Pe, do continente Africano, região que contribuiu excelentemente á nossa formação cultural e de raça. Esse povo foi explorado pela ganância dos homens, mas se irmanaram à nação, formando uma fortaleza de raças. É O NOSSO LINDO BRASIL!

Como nada fica para permanecer e tudo existe para mudar e isso é lei da vida, outro dia fui, com a família, visitar o “Parque dos Dinossauros”. Um lugar mágico, especial. E pensar que ha milhões de anos inúmeros tipos de dinossauros, com os mais diversos nomes estranhos possíveis, estiveram por ali. Vivendo, sobrevivendo, antes que a ordem natural, impulsionadora do processo evolutivo, pudesse “escolher” uma espécie, para que o espírito humano pudesse encarnar pela primeira vez e começar a sua “saga”. A “saga” do aperfeiçoamento pessoal, intrasferível, na busca do aprimoramento da razão e do sentimento que promove à luz.

Eu amo o Direito Social. Sem querer, querendo, como já disse o filósofo da criançada, eu influenciei as minhas duas filhas gêmeas a “fazerem” Direito. No início foi complicado, pois o adolescente, e isso é natural, não sabe o que quer. Estão buscando. Fizeram o vestibular e ambas conseguiram vagas no Curso de Direito. Saíram do colégio e continuaram de imediato a estrada. Hoje discutimos temas na área. Estão começando a raciocinar juridicamente, apesar de no primeiro período, que em minha opinião, são importantes cadeiras, de base, para se entender a importância do Direito que existe para promover o equilíbrio a o ajuste social trazer a felicidade.

O Direito na academia é diferente, é teórico, é mágico. No mundo dos fatos ele perde a sua pureza e se mistura com os interesses egoístas e políticos, próprios do ser humano. Se o intérprete, o aplicador, não tiver um preparo pessoal e entender para que ele veio, faz bobagens. Gera desconfianças. 

O Direito tem como objetivo maior:

a) Construir uma sociedade livre, justa e solidária,

b) Garantir o desenvolvimento nacional,

c) Erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais

d) Promover o bem de todos, sem preconceito de qualquer natureza,

Esses são os objetivos do Brasil, que na verdade indicam que o Estado nasceu para trazer felicidade ao seu povo. Está na Bíblia do cidadão: a constituição.

Eu sou, naturalmente jusnaturalista e sei que existe um Direito anterior, preexistente, que originário da causa causal de tudo, inteligência Suprema do Universo e que regula as nossas vidas. Tem gente que pensa que “ele” está cochilando, mas no momento certo todos encontrarão o seu norte. Somos imortais utilizando um corpo mortal, se despedindo de nós a cada dia.

As outras escolas, de conceituação do Direito, também estão certas. São focos de entendimento. O Direito é amplo e ainda não compreendemos a sua importância metafísica. Isso leva tempo. Somos “primitivos”.

As minhas garotas estão felizes. Vão fazer os seus “primeiro” artigo científico.

A conversa tá ficando boa.

PENSE NISSO! MAS PENSE DIREITO.

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

A Alavanca da Vida

11072447_673370626123195_4435972785098841919_nPENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

…………………………………………………………………………………………………..
A alavanca da Vida
(Reynollds Augusto)

Não seria preciso realizar um grande exercício mental para se chegar á conclusão de, que se não houvesse a reencarnação, a vida não se explicaria, pelo caos em si mesmo. Pelo menos no que se refere ás relações humanas.

São sortes desiguais para filhos do mesmo Pai.

Numa mesma família, filhos frutos do amor de duas pessoas,que se elegem para a vida comum, nascem tão diferentes. Um nasce perfeito e o outro com problema físico de toda natureza. …Se Deus é Deus, por ser Deus,não cometeria tamanha injustiça. Qual foi o critério para dar a um o que retirou do outro? É que nós não somos os corpos, nós somos um espírito que usa temporariamente um corpo adaptado á nossa condição psíquica.

E isso não é castigo, é oportunidade de reabilitação. É a pena “jurídico divina” que nos cobra a colheita, da semeadura que é livre. Foi por isso que o mestre Jesus já dissera que “o último ceitil” precisa ser pago e para pagá-lo é preciso voltar aqui, pois cem anos não dão para nada. É “amanhã”.

Ontem no CEJN de Itaporanga, participamos de uma excelente palestra do companheiro HERCULANO PEREIRA, que tratou do tema. Mas, não se preocupe, que se não deu para você ir, vou coloca-la no ar na Rádio Boa Nova FM de Itaporanga, nesse dia 30, pelas 17 horas. Aprecie meu filho e minha filha.

http://www.boanova87.com.br

Os religiosos tradicionalistas defendem que a Bíblia, o Livro Sagrado dos Judeus,e que nós tomamos posse e ainda acrescentamos o excelente evangelho do mestre Jesus, O CRISTO, não trata do assunto. Pelo contrário, a Bíblia, em toda a sua extensão, fala mais da reencarnação e mediunidade do que a própria Doutrina Espírita. É que é preciso se aprofundar na proposta, pois o símbolo “diz” mais que o próprio símbolo. “A letra mata, e o espírito vivica”.

Mas a noite foi de esclarecimentos. E “Ninguém pode ver o Reino de Deus se não nascer de Novo”.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

As Três Saídas

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
…………………………………………………………………………
APENSE NISSOAs Três Saídas
(Reynollds Augusto)

Essa semana nós começamos a estudar o livro O CÉU E O INFERNO, que faz parte da Codificação Espírita e que trata de leis e sinais evidentes da vida após a morte.

Esse é um tema que interessa a todos, pois todos estamos na contagem regressiva para o retorno ao plano espiritual, lugar donde viemos e que, temporariamente, estamos esquecidos, como forma de recomeço e acerto na busca do equilíbrio.

Tem muita gente boa que entra da onda de realizar Regressão de Memória, para resgatar o passado distante. Eu não aconselho, a não ser como forma de terapia. Há casos de pessoas comprometidas pesadamente e cujo resgate agravou a situação presente. No tempo certo saberemos de tudo. “Nada há de ficar escondido”, segundo a narrativa das escrituras ditas sagradas.

Mas temos três saídas, para a vida a após a morte:

O Niilismo. Ou seja, o nada. Morreu acabou. E isso é desesperador. Destruição absoluta. Esse sistema nos leva ao egoísmo. Tudo será aniquilado. É racionalmente incongruente pensar que isso pode acontecer. Como disse uma de nossas debatedoras, da cidade de Piancó, não se concebe essa tese, uma vez que no imo nós temos a certeza da vida após a morte.

O Panteísmo. Uma tese melhor concebível que o Niilismo, mas também, sem racionalidade. É como se fossemos todas as partículas de Deus e quando o corpo morre, nós voltaríamos ao todo universal. Perderíamos a nossa individualidade, que seria a soma das nossas personalidades, experimentadas ao longo da vida, que não tem fim. Saber, sentimento, família, conquistas todas perdidas. Parece com o Niilismo, pois, da mesma forma, é como se não fossemos nada.

E por fim a individualidade da alma antes e depois da morte. Esse é o melhor sistema e mais racional. A tese comprovada pela Doutrina Espírita, que tem um laboratório próprio cuja mediunidade, é o instrumento de apreciação. “Mortos” que voltam para dizer como é o mundo dos espíritos. Que ainda guardam relação e preocupação com os que ficaram aqui.
Todas as religiões admitem essa verdade, mas poucas entendem como isso se dá. Os dogmas, os interesses, a imposição do medo, para dominar, afastaram-nas desse “correio” que prova que somos imortais, temporariamente utilizando um corpo físico.

Morrer é mudar de lugar. Ainda bem.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso