Se Essa Rua Fosse Minha

RAINDSC00496

PENSE CULTURA
………………………………………………………………………………
Se Essa Rua Fosse Minha
(Reynollds Augusto Cabral)

Quem nunca “teve uma rua”?

A “nossa rua” foi o palco das nossas vidas, das nossas brincadeiras, das nossas felicidades e tristezas, que fazem parte das nossas construções íntimas. Esses sentimentos – felicidade e tristeza- são antagônicos, mas enriquecem as nossas experimentações, de espíritos imortais, rumo á evolução.

Uma evolução constante que não pára, nos direcionando à plenitude do espírito. Não somos apenas essa personalidade, com esse CPF e Rg. Somos mais do que isso. Somos uma individualidade, que se é construída ao longo dos milênios e das existências. O esquecimento é temporário, do passado, mas essencial.

O “Direito de Deus” não erra, não comporta emendas, pois é tão perfeito quanto “ele”, sendo, portanto o seu legislador, o administrador e julgador de tudo, mas não como imaginamos.

A vida é causalidade e não casualidade, por isso tudo “está certo”. Espero que tenha entendido leitor. É preciso ir além das letras.

Mas, quem esteve hoje me visitando foi o meu amigo, escritor, josnalista, bloqueiro e idealizador do FICA (Festival Itaporanguense de Cultura e Arte), Paulo Rainério.

O “FICA” acontece sempre na segunda quinzena dos meses de novembro. E têm artistas de todos os jeitos e gostos. Conversamos sobre amenidades e o parabenizei pela “gestação” de mais um filho. Trata-se do seu mais novo livro “SE ESSA RUA FOSSE MINHA”. O Lançamento aconteceu na Câmara de Vereadores da cidade de Itaporanga.

Depois de abrir o Centro Espírita, lugar de amor e sabedoria, em dia de “Calor Junino”, em que só estava eu e “os espíritos”, pois não tinha ninguém encarnado, fiz a minha prece de agradecimento e fui ao lançamento da obra.

Uma noite com apresentações artísticas, poemas e a participação emocionada da sua esposa e da sua filha, essa a sua jóia. Uma noite feliz!

Vou pedir permissão, de público, ao meu amigo Rainério, para que possa usar os textos a serem publicado no www.ontemehoje.itaporanga.net. Um lugar especial, que o meu amigo Ariosvaldo criou para que eu pudesse publicar “coisas” da nossa terra.

Isso é importante, não há nada “mais real” do que o mundo virtual. Parece até como a dimensão dos espíritos, aparente virtual, mas é mais real do que se pensa e com plena interação conosco. Um depende do outro. Só não vê quem não quer e pretende viver, apenas, à ilusão das coisas que passam.

Daí a importância de buscar os aspectos espirituais da vida. Deixar para depois essas buscas é perder tempo, mas tempo é o que não nos falta. O corpo é mortal, mas o ser pensante, a individualidade que usa o corpo, que chamamos de espírito, é imortal. Temos tempo, mas é preciso não perder tempo para chegar mais rápido ao nosso objetivo supremo. Tempo perdido é sofrimento colhido.

Mas, quero parabenizar o escritor, que adiantou não ter sido possível tratar de todas as ruas da nossa cidade e só o fez nas principais. Fará outros livros com o mesmo objeto.

Esse é um livro para ser “degustado” devagarinho, apreciando o sabor. Vou pedir permissão para começar a lê-lo iniciando pela Rua JOSÉ AUGUSTO DE CARVALHO, a antiga rua das flores. Nome do meu bisavô, que fez muito por Itaporanga, mas que veio da cidade de Princesa Isabel fazer sua vida aqui, o nosso inesquecível “PAI GUSTO”.

Minhas noites agora ficarão encantadoras, vou viajar sem sair do lugar, na nossa história de vida. Quem não tem história, não tem vida.

“Todos nós temos uma rua.”

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

www.pensenisso.itaporanga.ne

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

E Começa a Odisséia

 

1AP NissoPENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
……………………………………………………………
E Começa A Odisseia
(Reynollds Augusto)

Há duas palavras parecidas, que parecem similares, mas que são diversas em suas significações. Trata-se das palavras Eternidade e Imortalidade. Os dicionários as têm à conta de sinônimos, mas possuem sentidos diversos, mas parecidos, podendo até nos causar uma espécie de confusão.

Segundo os imortais a causa, princípios de tudo, que criou os seres materiais e imateriais, é eterno. Alguns o chamam de Deus, outros de Alá, Javé, Grande Arquiteto do Universo e tudo mais. Deus não teve começo e nem terá fim, por isso é eterno. É o criador, incriado. Esse “negócio” dá um nó na nossa lógica. É que, ainda, devido a nossa inferioridade, não temos sentidos para entender essa verdade.

Nós, os espíritos, que estamos usando um corpo, que perde a sua energia vital a cada segundo, pois todos têm “prazo de validade”, pelo menos no aspecto físico, somos imortais. Tivemos começo, mas não teremos fim. Deus é eterno, nós somos imortais, o espírito.

Como disse, o Espírito, nós, diferente do corpo, não tem prazo de validade e quanto mais tempo, que não existe, ganha experiência, aprende, potencializa a razão e o sentimento, fica mais próximo da plenitude, perfeição relativa, da causa, que é o destino de todos nós os espíritos e que as religiões chamam de salvação.

Já nascemos salvos, perfectíveis, mas precisamos de movimento e vontade para atingir o nosso fim. Isso não se consegue em “míseros” cem anos, que passa quase de súbito, devido à relatividade temporal.

Eu não sou bom de matemática, nunca fui. Não é a toa que a minha área é o Direito, a Filosofia, a psicologia, a música. Mas, dando uma de matemático, creio que nós espíritos, reencarnados no Planeta Terra, uma das casas do “meu Pai”- segundo Jesus, o nosso modelo e guia- devemos ter aproximadamente uns dez mil anos, no tempo como o concebemos.

Mas, é só especulação.

Há pessoas que, não entendendo a lógica da vida, pregam que Deus não existe. Esse pensamento não tem lógica, pois fere uma verdade indiscutível: Não há efeito sem causa.

Se procurarmos a causa de tudo que existe e que não é obra do homem, a nossa razão aponta para uma inteligência suprema, que é a causa primária de tudo que existe.

Não necessariamente o “deus” pregado pelas religiões, que se brincar tem mais defeito que eu, ou o da Bíblia, esse nem se fala. Deus para ser Deus não poderia ter ditos algumas bobagens, lá contidas.

Eu até concordo que a Bíblia é a palavra dos homens tentando compreender a vontade de Deus. Mas, ser a “palavra de Deus”, é meio que incoerente.

Como vivemos de fases, o antigo testamento foi uma espécie de primeiro grau, para que a humanidade despertasse quanto à existência de um Deus único. Isso na nossa cultura, pois ele mandou outros luminares a outras culturas para ensinar a verdade , que é uma só. Antes, até trovões, relâmpagos, adorávamos, estávamos no maternal. É que o ser traz em si a certeza de que Deus existe e vai procura-lo.

Depois veio Jesus, com propostas mais coerentes, aperfeiçoando a ideia segunda, de Moisés, que trazia a idéia de um “deus” ainda rancoroso, vingativo, que fazia medo e tudo mais. Já foi um progresso. Ainda hoje se usa a expressão: Não faço isso, pois temo a Deus.

Jesus instituiu o segundo grau nos fazendo aproximar da ideia mais exata de Deus, com base no amor. É a a lei nova e aprendemos na academia que a lei nova aniquila a lei velha, naquilo que diverge:

” Ouvistes o que foi dito aos antigos… eu porém vos digo… ( Jesus)

Estamos na terceira fase, que é o “nível superior”, é o tempo do Consolador Prometido por Jesus, lá em João, 15 a 18:

“Se me amais, guardai os meus mandamentos e eu rogarei ao Pai, e eles vos dará outro consolador, para que fique convosco para sempre. O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê e nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós. Não vos deixareis órfãos; voltarei para vós”.

Estamos na melhor fase, falta só à especialização no amor e na razão.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO.

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

A Vida É Bela, Mas É curta

Cícero11406827_834899789928018_2411387759258193102_n

PENSE NISSO ! MAS PENSE AGORA MESMO
………………………………………………………………………………
A Vida É Bela, Mas é Curta.
(Reynollds Augusto)

Por mais que tentemos não conseguiremos jamais saber o dia da morte do nosso corpo, instrumento do espírito em franco processo de evolução. Se algum espírito “sabido” te disser algo em torno disso, desconfie. Do “lado de lá” tem muitos desses, que aproveitam para potencializar a credulidade dos desavisados.

Deus, só Deus, a causa, sabe. Pois um dos seus atributos é a onisciência e por isso sabe do passado, presente e futuro. Mas, não diz nem interfere, pois já instituiu leis naturais que regulam as nossas vidas. É por isso que vivemos no mundo da causalidade e tudo que nos acontece não é castigo ou sorte, é reação. Nada de colocar culpa na vida ou nos outros pelos desencantos, que a sua imaturidade promove.

Mas, uma coisa é certa: estamos morrendo a cada dia. Cada dia, cada hora, cada segundo, a energia vital se esvai e é por isso que não devemos nos distrair muito no caminho, pois logo-logo chega a nossa vez. Tem gente que “morre” antes. Gasta essa energia irresponsavelmente com drogas e tudo mais.

Essa expressão, que esta no frontispício desse artigo, dando-lhe título, mostra uma verdade indiscutível: a vida física é bela, mas é curta. É bela em todos os sentidos, porque por mais que passemos por dificuldades elas são instrumentos para a evolução do espírito e é preciso aproveitar mais e se distrair menos.

Quem a postou, no seu face, foi o meu irmão CÍCERO OLINTO, que desencarnou apressadamente. Uma grande coincidência, mas uma profunda verdade.

Ontem eu fui, como sempre, ao Centro Espírita Sareiros do Bem estar com Jesus. O faço religiosamente e não me deixo distrair. Todas as quintas em Itaporanga e quartas em Boa Ventura estarei presente, nem que chova canivete. Se você não estipula metas espirituais para a sua vida, a vida social te distrai e você perde o carro da evolução e ficamos com o secundário , que ilude, engana e desvia.

Foi por isso que Jesus disse: “Aquele que preservar até o fim será salvo”. É preciso decodificar a palavra salvo, pois ela quer dizer que atingiremos o nosso fim mais rápido.

Discutimos morte, vida, felicidade, buscas, lei de causa e efeito. Sentimos a falta do meu irmão CÍCERO, que sempre “na dele” era um filósofo. Mandamos as nossas vibrações para o seu reequilíbrio, pois morrer ,quase que de súbito, causa certa perturbação momentânea.

Mas tudo passa como disse o grande Chico Xavier.

Nós concluímos as reflexões com outra expressão retirada do seu perfil:

Existem lembranças
Que não vou apagar.
Pessoas que não vou esquecer
Há aromas que eu vou levar
Silêncios que prefiro calar.

Bem á cara do Cícero.

Até logo amigo, o reencontro é certo.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

www.pensenisso.itaporanga.net

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Do ” Missionários da Luz”

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

………………………………………………………………
sandra 11693928_134210246910511_2062713920226434998_nDo “Missionários Da Luz”
(Reynollds Augusto)

Hoje eu dei um giro pelo interior do sertão para realizar comunicações judiciais. Sem o Oficial de Justiça a justiça literalmente anda pouco.

E ele vai longe, em lugares inimagináveis. Além de comunicar e fazer realizar os movimentos judiciais, ainda acumula a função de psicólogo e detetive. Se o “meirinho” fosse apenas fazer comunicações judiciais com base da formalidade da lei, nas resoluções, acertadas, é possível que 80 por cento dos atos fossem prejudicados. O compromisso é maior e “saneamos” as diligências, dando tudo certo.

Hoje estava de plantão. É algo também meio sem sentido. O Oficial de Justiça é obrigado, por lei, a auxiliar o juiz nas audiências, colher assinaturas, fazer pregões. O “meirinho” fica impedido de cumprir o seu “mister fim”. Na Justiça Federal o pregão é eletrônico e o Oficial de Justiça sai para cumprir a sua missão, sem ficar preso ao fórum. Principalmente, pois uma diligência nunca se realiza da primeira vez. Mas, tudo tem seu tempo.

Agora com o novo Código de Processo Civil, o “meirinho” irá exercer mais um função, será conciliador. Só quero ver como isso será regulamentado. Mas é o certo, pois o primeiro contato que a parte tem com a justiça, ordinariamente, é com o Oficial de Justiça.

Mas eu estou “conversando” demais. É o pensamento, ninguém o segura. O que quero dizer é que além de um banho de natureza sertaneja, consegui encontrar na fazenda uma grande amiga e irmã. Estou me referindo a minha amiga Sandra Maria.

Quando adolescentes encontramos a Doutrina Espírita, que é Jesus de volta, sem ter nunca nos deixado. Tínhamos até um coral. Nos anos noventa consegui uma câmara emprestada, dessas antigas e filmei uma música nossa. Eu, “Haulysson”, Neidinha, Sandra, a sua irmã Silvana e Alessandra. Muitos deles estão espalhados pelo mundo. O danado é que perdi essa fita.

Mas, não importa está gravado na mente e no coração. Nada fica para permanecer, nem o planeta que tem seu tempo útil e que se destruirá antecipadamente pelo egoísmo e orgulho humano. Mas, somos imortais e na “casa do meu Pai há muitas moradas”.

Fazia tempo que não me encontrava com Sandra. Vive de João Pessoa para a África. Mas, está feliz, já com filha adolescente na faculdade e é isso que importa.

Falávamos do tempo, que não pára, não pára não, não pára não.

Que beleza amiga! Espero te encontrar mais vezes. Distantes, mas ligados.

A distância é só um detalhe.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

São Pedro 2015 de Cachoeirinha,Ibiara, Paraíba.

 

PENSE SÃO PEDRO NA VILA CACHOEIRINHA- IBIARA-PARAÍBA-BRASIL
………………………………………………………………………………………….

O São Pedro de Itaporanga é Maior do Mundo. O De Vila Cachoeirinha É O MELHOR!
(Reynollds Augusto)

O passado faz parte do presente, movimentando a vida e estabilizando o mundo íntimo. Tem gente que não gosta de lembrar-se do passado, é uma grande bobagem. Com a lembrança acontecem dois fenômenos: Um, mensuramos os equívocos que cometemos, pois faz parte, para não mais errar; e o outro, bem mais interessante, é reviver os momentos felizes, enraizados no psiquismo espiritual, que nem a morte do corpo físico aplaca.

Lembrar-se dos pais, da infância querida, dos amigos, dos colegas, da nossa vida pontual, que é um livro próprio, com suas dores e alegrias, nesse mundo , segundo os imortais, de “provas e expiações”. Cada um tem a vida que merece e passa pelo que tem que passar, pois não há sorte e nem acasos na vida e tudo é reação. É claro que teremos que prestar contas de tudo , quando a morte do corpo físico chegar, pois não somos donos de nada. Somos administradores.

Hoje eu estava lembrando-me dos velhos folguedos do passado, do Campestre Esporte Clube, palco de grandes artistas como, Luiz Gonzaga, Flávio José, Marinês, Jorge de Altinho, os três do nordeste, o trio nordestino… Muitos desses já partiram para o mundo espiritual, a nossa próxima parada, queiramos ou não.

Hoje, com as festas de rua, os encontros nos sodalícios se acabaram. Lembro-me que meu Tio Carlito comprava, dois meses antes, uma mesa para festejar com a família, sob pena de não ter onde sentar. Lembro-me, também, que certa feita, me abestalhei, e fique no centro, á frente do palco, para ver Elba Ramalho cantar e quase fui esmagado. Fui esperto, subi o palco, que sempre foi baixo e entrei no camarim. Peguei as suas bailarinas peladas, se vestindo.

- QUEM É ESSE MENINO?!

Escapei. Para nunca mais.

Na festa de São Pedro de Itaporanga pouca gente se diverte. É muita gente. Só os jovens, para quem tudo está bom de todo jeito e até eles estão reclamando. Fui convidado pela família de minha esposa para passar a última noite de São Pedro na “Vila Cachoeirinha”, cidade de Ibiara. Eu vou te contar um segredo, espero que você não espalhe. NÃO PERCO MAIS.

Festa boa, banda boa, povo bom, felicidade real e o mais importante: dava para dançar á vontade. Segurança dez. Duas viaturas da polícia militar circulando. Para acompanhar a alegria e o “fogo” da minha amada, tive que tomar uma dose. Mas só foi uma mesmo. Besta é quem tem toma uma, duas, dez… e todas, para depois ficar doente, prejudicando o “templo do Espírito” que é instrumento de aperfeiçoamento. Esses perdem a festa e ás vezes até o corpo, pela imaturidade.

Mas foi uma festa familiar com amigos e parentes da região. Forte mesmo é a tia da minha esposa ACINDINA, que veio lá das bandas da cidade de Custódia, Pernambuco, para dançar forró. A mulher já passa dos oitenta anos e é forte e dura como ninguém. Chegar a essa idade com tal lucidez e firmeza é nobre. O Espírito, que não envelhece, nem se dá conta de que o seu “soma” está partido,

Mas, o São Pedro de “Cachoerinha “ganhou um forrozeiro e um divulgador.

Não espalhe leitor.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
www.pensenisso.itaporanga.net

 

Foto de Reynollds Augusto.
Foto de Reynollds Augusto.
Foto de Reynollds Augusto.

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Consciência e Pensamento

1Chico BentoPENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

……………………………………………………………………………
Consciência e Pensamento
(Reynollds Augusto)

Eu percebo que consciência e pensamento são coisas diversas. Acredito que consciência é pensamento qualificado. Pensar todo mundo pensa e não se pode deixar de fazê-lo, sob pena de nem mais existir. “Penso, logo existo”, disse o grande Descartes.

O meu amigo empresário, José Campos, em palestra realizada no Centro Espírita Jesus de Nazaré, na cidade de Itaporanga, disse- e eu concordo- que o pensamento é o maior passa tempo do ser humano. Nada de televisão, computador… ou tudo mais.

Os imortais disseram ao professor Kardec que a liberdade de consciência é uma consequência da liberdade de pensar. Apesar de sabermos que a consciência é um pensamento íntimo, como todos os outros pensamentos é preciso aparatá-la com a razão, com o discernimento, com o compromisso. A maioria de nós pensa, mas não tem consciência, não tem compromisso.

O inteligente professor Kardec perguntou aos espíritos se eles influenciam em nosso pensamento. A resposta foi afirmativa: “Influenciam de tal forma que, por vezes, são eles que vos dirigem”. Por isso que é bom está vigiando o pensamento para que não fiquemos, “teleguiados”.

Besteira é tentar identificar quando é que eles são nossos pensamentos ou são dos outros. Se você, leitor, qualifica o seu pensamento com coisas nobres, dificilmente será mal influenciado. Nós emitimos e recebemos ondas mentais. Tudo é sintonia. Foi por isso que Jesus disse: “Orai e vigiai, para não cairdes em tentação”.

Orar aqui não é está repetindo palavras vãs, feitas, sem o contributo do sentimento e sim está ligado a Deus pelo pensamento e o mais importante pelas ações. Isso blinda a nossa vida contra o mal.

Vigiar é ter controle de si, aprimorar o que se pensa. Ler bons livros, assistir bons filmes, fazer excelentes programas, viver levemente, dançar forró e de preferência “pé de serra”, sem gravidade, sem está “atirando para todos os lados”. Fazendo em si a mudança que quer para o mundo, segundo Mahatma Gandhi.

Hoje eu sinto que estou sendo influenciado, mas é uma influencia boa. Estão me sugerindo ir à “Vila Cachoeirinha”, com a minha Tia Lia e a sua linda Neta Letícia, filha do meu primo “PIPA”, que vieram ao São Pedro de Itaporanga “forrozar”, para que elas provem das nobres comidas da minha sogra “Naná”

Se no céu existe comida, acho que ela era cozinheira de lá. Até forró vou dançar, tomar banho de rio e ficar feliz, para a tristeza espantar.

Pense meu amigo, pense com qualidade e viva o amor, a verdade e o perdão. Estamos todos na contagem regressiva e agora temos menos tempo, apesar de sermos imortais, a vida é hoje.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA

E com qualidade

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Primeiro o Centro. Depois o “Resto”.

CHAFIdownload (3)Primeiro o Centro. Depois o “Resto”

(Reynollds Augusto Cabral)

 

Eu pensei que não ia dar tempo, mas deu. É que estamos em clima de festas juninas, os parentes do coração nos visitando, o folguedo rolando, a dança nas ruas da cidade acontecendo e a felicidade se expandido.

 A cidade de Itaporanga sempre bela está com um brilho maior. E todo mundo querendo dançar forró.

 É que ontem foi o dia da “quadrilha do CAPS”. “Lá todos são loucos. Loucos uns pelos os outros”.

A minha tia, usuária, insistia na minha presença, sob pena de passar uma semana toda nas cobranças e lamentações, uma vez que ela, digamos, é obsessiva em seus argumentos, pelo seu alto grau de sensibilidade pessoal. Não poderia faltar e fui. Como sempre, uma bela festa.

 Quem estava lá,  dançando um “forró da peste”, com uma das assistidas, fora o meu amigo e colega de segundo grau JUCIVAN ARAUJO. Professor de história, inteligente, politizado.  Não conhecia essa faceta de sua personalidade. O homem dança um forró como ninguém.

A animadora feliz, alegre, me fez até dançar.

 Mas, pelas 20 horas, todas as quintas, nós temos um encontro semanal de debates em torno da vida que alimenta a alma, enriquecendo a mente e o coração.  Ontem, como uma novidade, a minha amiga CLÁUDIA BANDEIRA  levou um chazinho do “ó”. Em vez de tomarmos água fluidificada, bebemos chá fluidificado, os debatedores gostaram.

 Eu ainda vou dar um jeito de gravar esses encontros. O mundo, pela Rádio Boa Nova FM de Itaporanga, precisa conhecer nuances da proposta espírita, que é Jesus de volta, sem ter nunca nos deixado. Tem gente que diz que ele voltará novamente. Bobagem.

 E ainda mais, vem separar os “bodes das ovelhas”, mas acho que no planeta Terra, a maioria dos seus habitantes ainda é “bode”. O orgulho, o egoísmo, a falta de solidariedade ainda campeiam. Se bem que já foi pior e estamos menos primitivos, apesar do “mal” fazer uma zoada danada e termos a sensação de que tudo está um caos. Isso é mentira leitor, o mundo está melhor.

O problema é que estamos todos na contagem regressiva á morte do corpo físico, que perder a sua energia vital todos os dias e nos distraímos muito com as ilusões do planeta. Principalmente quem tem muito dinheiro, se preocupando em acumulá-lo mais e mais. Não sei para que? Incita o consumismo desnecessário, que é um dos males do mundo e o “cabra” perde a oportunidade de viver, apenas existindo.

A sociedade, atrasada, nos propicia isso. E nós nunca sabemos o dia. Vez por outra um jovem, aqui em Itaporanga, “bate as caçoletas”, morre do coração. Pior são aqueles que querendo fugir dos problemas  se suicidam e a surpresa é que continuam vivos e agora com mais problemas.

 Mas, o tema ontem girou em torno da “salvação” e da fé.  Você sabe o que são leitor?

 “Salvação” não é bem o que as religiões pregam . É sim aperfeiçoamento, desenvolvimento da razão e do sentimento. E fé tem dois significados: Um é querer com vontade firme e se movimentar para determinado objetivo. Foi nesse sentido que Jesus disse: “Se tiverdes fé como um grão de mostarda direis a este monte…” (está lá em Mateus).

A turma pensa que fé é realizar o impossível. Tem gente até vendendo toalhas, farinha, tijolos para atiçar a sua fé. E a turma compra e enrica os profissionais da fé. Sãos os falsos profetas, dito por Jesus.

A outra é uma crença, nos permite uma convicção íntima em relação a determinado assunto.  A fé, em Deus, por exemplo, demonstra um sentimento subjetivo.

Melhor concepção de fé é a do Herculano Pires que do Livro “Revisão do Cristianismo, pag. 89:

“A fé depende da razão, pois quem crê deve ter uma razão para crer”. A fé em Jesus é a aceitação dele como Messias e  educador. Mas a aceitação não é só um ato de vontade, mas um ato de discernimento, portanto um ato de razão. Como posso aceitar isso e condenar aquilo, sem recorrer ao juízo, que é função da razão?”

Desenvolva a sua fé leitor.

Acho que vou pedir a minha irmã CLÁUDIA BANDEIRA  para mudar o nome das nossas reuniões das quintas para: REUNIÃO DE CHÁ FILOSÓFICO.

 

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO!

 

 

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Um Só Rebanho

 1Chico BentoPENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Um Só Rebanho

(Reynollds Augusto Cabral)

“Tenho ainda outras ovelhas que não são deste rebanho; também a elas eu devo conduzir: e elas escutarão a minha voz e haverá um só rebanho e um só pastor” (Jo 10,16)

Quem não vai além das letras jamais compreenderá a proposta metafísica do mestre Jesus, o nosso modelo e guia mestre dos mestres. É por isso que muitas religiões, que têm por base a Bíblia, o “livro sagrado” dos nossos irmãos judeus e absorvido por nós, com o incremento do Novo Testamento, se comportam mal, não extraíram o espírito da letra que mata. E ficamos analfabetos da alma. Cometendo atrocidades em nome de Deus.
Vamos deixar Deus longe da incúria humana. Somos um bando de orgulhosos e egoístas, ainda. Mas, estamos caminhando. Já foi pior.É que essa é a proposta da evolução, do aperfeiçoamento, do progresso coletivo e pessoal, que as religiões chamam “de salvação”. E tem “uns” que, para diferenciar, discriminar, ainda sustentam que existem filhos e “criaturas” de Deus. Aqueles que não seguem a sua religião, que é coisa de homem, são criaturas. Nós os espíritas, nem se fala.
O mal do mundo é a ignorância. Poucos querem conhecer  a verdade que consola e liberta como disse o mestre.

Quando haverá um só rebanho e um só pastor?

No tempo da maturidade espiritual leitor. Isso demanda tempo e muitas reencarnações. Primeiro não haverá religião, como as que temos e viveremos integralmente a religiosidade, que é mais profundo do que a religião, convencional. É a vivência do amor, da verdade, do saber, pois segundo “J.C”, “nenhuma só das ovelhas do meu Pai se perderá”. E ovelhas somos todos nós, filhos, criaturas, religiosos, ateus e tudo mais. Deus não está nem aí para  saber  se você  crê ou não nele.  isso independe.

A causa é única.

 Tem gente que é religioso, não perde uma missa, um culto, ou uma Reunião Espírita, ou sei lá mais o que, mas não exerce a religiosidade, a vivência. Se houvesse inferno, e só há o consciencial, ele estaria cheio da maioria desses que não perde um culto, uma missa, ou uma reunião espírita, e que vivem a barganhar com Deus.

A Deus ninguém engana, pois suas leis estão escritas na consciência de cada criatura. É lá que se encontra incito o “direito material” e o processual. E Jesus foi enfático: “Não sairás daí, “do planeta Terra” enquanto não pagares o último ceitil. Em cem anos não dá tempo para nada. É “amanha”.

É preciso voltar, para se depurar nessa vida que é única, mas com várias existência, ou experiências. Por isso é bom se ajustar e amar, depois amar mais um pouco e depois mais um pouquinho ainda .

Foi por isso que Jesus disse: “Reconcilia-te depressa com teu adversário, enquanto estás a caminho com ele, para que não aconteça de ele te entregar ao juiz, o juiz te entregar ao Oficial de Justiça e te encerrarem na prisão, e de lá não sairás enquanto não tiveres pago o último quadrante.” (Jesus Cristo).

Coitados, no fim, só sobra para o “coitado” do Oficial de Justiça.

 

Entendeu leitor?

 

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

O que é o Tempo?

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

………………………………………………………………..
tempotransferir (8)E o Tempo?
(Reynollds Augusto Cabral)

Creio que todos nós conhecemos aquele famoso trocadilho que trata do tempo: “O tempo perguntou pro tempo quanto tempo o tempo tem, o tempo respondeu ao tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo tem”.

Entendeu? Nem eu.

Para começar o tempo nem existe, ele é convenção humana para nos localizar no espaço. Sem essa convenção seria difícil até viver e conviver, na nossa condição. Na verdade, só existe a eternidade. Mas, quando começou a eternidade? Ninguém sabe. Eu acho que nem Jesus, sendo o espírito mais próximo de Deus, a causa. Não necessariamente o “deus” da maioria das religiões, que de Deus entende pouco, ou quase nada. Inclusive eu.

Mas Deus existe de toda a eternidade ou a eternidade foi criada por Deus?

Danou-se!

O fato empírico é que não existe efeito sem causa. Isso é axioma científico. Observando a vida, sabendo que o nada, não cria nada, principalmente, pois o nada nem existe, tudo que existe e que não é obra do homem só pode ter sido criado por Deus, ou Alá, ou Javé, ou o Grande arquiteto do universo, ou… Não importa, são apenas nomes culturais. O difícil é provar que Deus- o melhor – a causa não existe.

Mas o tempo chega sem chegar, pois ele sempre está aqui e em todo lugar.

Faz tempo que Jesus anunciou que “os tempos são chegados” e isso a mais de dois mi anos atrás, sendo que para trás de Jesus o planeta já experimentara alguns bilhões de anos. E passou logo, pois o tempo é ilusão segundo Einstein.

Certa vez perguntaram ao Santo Agostinho: o que é o tempo? Creio que o padre saiu pela tangente, mas foi uma saída inteligente: “Se não me perguntarem o que é o tempo eu sei responder, mas se me perguntarem eu já não sei”.

A antropologia nos informa que esses conceitos de tempo e espaço, antigamente, não existiam como nós apreciamos hoje. O homem primitivo só entendia o espaço concreto. Não conseguia abstrair e nem entendia as noções de passado-presente- futuro. 
É interessante que quando sofri um grave acidente de moto, que quase me levava à vida física, as minhas impressões do presente foram perdidas. Nem o número da conta do banco eu me lembrava. Coisa que sempre utilização todos os dias.

Recordava nitidamente os eventos do passado, como se fosse presente. Vivia o passado no presente, sem ter a noção desse presente, como o conhecemos. Aos poucos fui recobrando as impressões do momento. O meu tempo não era o tempo da minha esposa, coitada, que sofreu “pacas” até a minha estabilização definitiva.

Mulher forte, amor presente, que o tempo não destrói.

Segundo a escritora Nadja do Couto, o filósofo Alemão Kant, dizia que tempo e espaço não são determinações objetivas, relativas a coisas reais e sim as relações, modos subjetivos, que são formas constitutivas a priori do Espírito.

“Se me perguntarem o que é o tempo, eu não sei responder”.

Você sabe leitor?

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

O “Céu” Desceu às Escolas Pùblicas

 

QuinmtetoDSC00179

O Céu” Desceu  Às  Escolas Públicas

(Reynollds Augusto Cabral)

Hoje a minha filha JULIANNA me fez um convite irresistível, quase uma intimação. E você sabe como é intimação!  É um chamamento do Estado Democrático de Direito. E você vai ou você vai. Se não quiser ir, você irá de mesmo jeito, pois aquele carro preto que faz uma zoada danada lhe conduzirá à presença do Estado Juiz. É melhor ir com um sorriso no rosto.

Vez por outra quando pego uma dessas e as testemunhas batem o pé dizendo não irem. Depois de um ameno “bate-papo” elas aquiescem.  Todo Oficial de Justiça tem um pouco de psicólogo. Geralmente ele é a porta de entrada primeira das partes aos embates jurídicos. É uma pena que o nosso povo, ainda deseducado, não realiza ajustes extrajudiciais emperrando a função jurisdicional que deixa de resolver problemas de maior relevância.  E por incrível que parece o próprio Estado é o que dá mais trabalho ao Juiz.

Mas o povo ir ao judiciário é bom e ruim. Bom porque demonstra que está mais politizado e sabedor dos seus direitos, ruim porque uma boa conversa é mais efetiva do que qualquer briga, mesmo judicial.

Mas, não é disso que quero escrever, leitor. Ontem eu fui “ao céu”, que estava no Colégio Adalgisa Teódulo da Fonseca, da cidade de Itaporanga, palco dos meus momentos da adolescência, dos sonhos. Acompanhei a minha filha caçula á quarta aula de violino. Os professores, paulistas, simpáticos, estão na Paraíba para trazer “vida” aos educandários públicos.  Até já aprenderam, alguns de nossos valores linguísticos.  São todos “cabras” da peste. Sabem, com maestria, encantar, ensinar, entusiasmar.

E gostei do que vi. Emocionei-me com um concerto particular que foi apresentado pelo Quarteto de Cordas Oliver, do Estado de São Paulo, no ambiente escolar.

A “salvação” de qualquer País tem dois pilares básicos: A família, que educa e a Escola, que instrui.  Os garotos respiram cultura musical e o colégio estava diferente, harmônico, feliz. A vibração muda, o ar fica mais suave, a conversa fica nobre. A música provoca sensibilidade e ela é um convite de Deus , à felicidade.

Minha filha pequena está entusiasmada e ontem ficou encantada com a primeira aula prática de violino que ela teve com a “Tia Jully”, como a chama. Jully Yamamoto toca violino e faz parte do grupo que tem ainda Samuel Mello, Caio Machado e Jefferson Martins. A única mulher do grupo que produz sonhos.

Enquanto “escrevinho” essas mal traçadas linhas, estou ouvindo a minha futura concertista, Julianna a dar os seus primeiros acordes no seu Violino. Apesar de sem muita conecção, ainda, os acordes secos, são gostosos de se ouvir. Mas tudo tem seu tempo. Está tocando : “Chocolate Quente” .

- Papai, pergunta a tia Jully se eu já posso levar o violino para casa?

- Mas ainda é cedo “JU”.

- Pergunta?

Eu perguntei e os nossos queridos professores Jully e Junior permitiram sob algumas recomendações .

Estou feliz, a escola está feliz, minha casa está  feliz,  a vida está nos fazendo respirar melhor. Ar puro, da “música dos céus”.

Acho que consegui um tratamento eficaz contra a maior obsessão de todos os tempos: a televisão. Que  produz mais lixo que formação.

Parabéns Estados da Paraíba, parabéns Quarteto de Cordas Oliver

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO.

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso