Musica Clássica Em Itaporanga

PENSE NISSO! MAS PENSE PROJETO PRIMA EM ITAPORANGA
………………………………………………………………………………………..

EsseMusica Clássica Em Itaporanga
(Rey AuCa)

Sabe leitor, um fenômeno natural acontece conosco quando vem chegando a maturidade e vamos nos aproximando do retorno ao mundo dos espíritos, “nosso verdadeiro país”: Com a morte do copo físico, que acontece todos os dias e o nosso desencarne, vamos transferindo para os nossos filhos os ideais de conquista.
É por isso que os pais babam quando o filho passa no vestibular, em uma seleção de mestrado, de doutorado, arranja estabilidade profissional, para se estear na vida, faz uma viagem dos sonhos… Sentimo-nos mais felizes do que eles.
Aqui para nós, tem gente mais para lá do que para cá. Isso em tese, pois o dia ninguém sabe, mas a temporada por essas bandas é curta.
Segundo Einstein, um dos gênios do pensamento, o tempo não existe e é relativo. Então se prepare, “já, já” é sua vez. Mas, fique triste não, só quem morre é o corpo e morre todos os dias um pouquinho. Deus nos criou para a imortalidade, não tem jeito.
20160722_201242Hoje eu fui à Câmara Municipal de Itaporanga com a minha pequena, que desde manhã, ansiosa, me importunava para conduzi-la a uma apresentação do Projeto Prima, do governo do Estado, com excelentes músicos da Venezuela e de Porto Rico. Vibrei mais do que ela.
Desta feita está com todos os grupos, inclusive o de Itaporanga, o quarteto “Pequena Veneza”, que quando toca nos faz viajar ao céu. É o céu descendo á Terra. Uma sintonia e harmonia perfeitas. O nome deve ser em homenagem à Venezuela, que significa exatamente isso. Foi um nome dado pelo explorador Américo Vespúcio, que encontrou casas construídas dentro do um lago e achou parecido com a cidade Italiana.
Uma excelente apresentação tão cativante que quando termina nos sentimos entristecidos pelo término . São caras novas, belas mulheres e alguns “cabras” simpáticos que são mágicos, arrancado daqueles instrumentos sons que nos dão a sensação de que estamos no céu. Foi uma noite especial.
Lá reencontrei o professor de violino da minha princesa, Júnior. Um sertanejo da cidade de Serra Grande que toca como ninguém.
Gostei da fala da baiana Santana, nova coordenadora e diretora geral do Prima que fez um resumo do surgimento do projeto, confidenciou que é primeira vez que ela está no sertão, mas que está sendo um prazer conhecer pessoas tão maravilhosas. Disse que o projeto PRIMA foi inspirado em outro projeto, que nasceu há quarenta e dois anos atrás, na Venezuela, um projeto chamado “El Sistema”, idealizado pelo maestro Abreu, de onde vem o quarteto “Pequena Veneza” e que hoje atende mais de quatrocentas mil crianças e jovens. O projeto, nascido na Venezuela já viajou o mundo todo o inspirando, chegando aos Estados Unidos, Inglaterra, África…e até á Paraíba, com o nome de PRIMA, que tem as suas peculiaridades regionais, mas faz parte de um grande sistema.
Foi uma noite feliz, de autógrafo, de felicidade, com muitos jovens e crianças e pais, “babando pelos seus filhos”.
Itaporanga esta ficando diferente, o que diria o nosso Padre Zé se estivesse encarnado? Educador por excelência e que levou a musica a muito dos filhos de Itaporanga, chegando a estimular o inesquecível RADEGUNDES FEITOSA, que levou o nome da Paraíba e Itaporanga, para o mundo. Desencarnou cedo em acidente de carro , quando vinha se apresentar em sua terra, mas deixou o seu legado. E como só quem morre é o corpo deve estar feliz por saber que seus irmãos itaporanguenses estão se encantando e fazendo encantar.

“Babemos nosso filhos”!

O dia ninguem sabe

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Presença Espírita na Bíblia,Um Manual de Fatos Mediunicos

José Reis Chaves

Presença espírita na Bíblia, um manual de fatos mediúnicos

asd
PUBLICADO EM 11/07/16 – 03h00

A Bíblia, como disse o pastor presbiteriano Nehemias Marien, é um manual de psicografia do princípio ao fim, ao que acrescentamos que é também de psicofonia (fenômeno que consiste em um espírito falar usando a boca do médium). Em Minas Gerais, há um grande médium psicofônico, Izoldino Resende, autor de 13 livros psicofonados. E um detalhe, ele não sabe ler nem escrever, com o que fica comprovado que não se trata de animismo ou de autoria da alma dele, mas dos espíritos que se manifestam por meio dele, entre eles Ernesto e Ismael, que viveram nos primeiros séculos do cristianismo. Eis dois de seus livros: “Planeta Terra em Transição” e “Desencarnações Coletivas”(Editora Chico Xavier).

Como nosso país é o mais espírita do mundo, com o número de espíritas crescendo, cada vez mais, os tradutores bíblicos para a língua portuguesa têm feito um verdadeiro malabarismo para fazerem os textos bíblicos ficarem contra o espiritismo, o que tem acontecido, principalmente, com as Bíblias evangélicas. E as interpretações alegóricas e literais que são contrárias ao espiritismo são absurdas. Acredite neles quem quiser!

Vejamos exemplos. “O espírito de Elias repousa sobre Eliseu…” (2 Reis 2: 15). É claríssimo que Eliseu, grande médium, recebeu o espírito de Elias. Mas há evangélicos fundamentalistas contra o espiritismo que negam esse indiscutível fato espírita! Isso é um exemplo inquestionável de fé cega, que faz dos evangélicos vítimas de graves erros bíblicos, eles que tanto gostam de falar que a Bíblia é literalmente a palavra de Deus, o que é outro grave erro! Sim, pois se ela fosse mesmo literalmente a palavra de Deus, não teria um erro sequer, quando ela os possui em grande quantidade. O certo é dizermos, como o afirma hoje a Igreja, que a Bíblia contém a palavra de Deus escrita por homens. Ora, os homens não são infalíveis, mesmo sendo inspirados por elevados espíritos santos!

Jó falando a Bildad: “Com a ajuda de quem proferes tais palavras? E de quem é o espírito que fala em ti?” (Jó 26: 4). A Bíblia TEB substituiu a palavra “espírito” por “inspiração”. É evidente que foi para ocultar a ideia espírita do texto, em que um espírito está se manifestando por meio de Bildad. Com isso, Jó está demonstrando com uma clareza solar que os espíritos dos mortos se manifestam a nós, por meio de médiuns (profetas na Bíblia).

E terminamos com mais este exemplo, em que o evangelista são João nos recomenda a prática do espiritismo, pois como examiná-los sem entrar em contato com eles? “Amados, não deis crédito a qualquer espírito: antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora” (1 João 4: 1). Está claríssimo que João está falando de espíritos, mas há intérpretes que querem empurrar goela abaixo das pessoas que se trata de homens, e não de espíritos! A prova disso é uma Bíblia evangélica que modificou completamente este texto, “A Grande Descoberta – O Novo Testamento”, reescrevendo-o com a eliminação total dele da palavra “espírito”, para ocultar de vez seu verdadeiro significado espírita. “Mui queridos amigos, não creiam em tudo o que vocês ouvem, só porque alguém diz que é uma mensagem de Deus: examinem primeiro para ver se realmente é. Porque há muitos falsos mestres por aí”.

Com vocês, caros leitores, sua própria, honesta, consciente e sincera conclusão!

Fonte: Jornal O TEMPO

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

E A ÁGUA JORROU

20160709_171314PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

…………………………………………………………………………….

“E a Água Jorrou”

(Reynollds Augusto)

Leitor por vezes, na vida, é preciso mudar a paisagem, ver pessoas diferentes, repor as energias que são gastas a cada dia ou, até, rever amigos distantes, que há muito tempo não víamos.

Abraçar os parentes, primos, tios, causam o mesmo efeito, recarregam as baterias da alma.

É que estamos todos na contagem regressiva para o retorno ao plano dos espíritos, a nossa verdadeira morada, sendo preciso “viver no mundo, sem ser do mundo”. Entender isso é imperioso para encontrar a felicidade.

Tem gente que passa pelo mundo juntando “bugigangas”, carros, imóveis, ouro, dinheiro… e tudo mais. É escravo e não sabe. Não que seja errado, quando se faz som honestidade e finalidade pois tudo isso são instrumentos e teremos que deixa-los aqui, logo, logo.

É preciso buscar o essencial e distingui-lo do secundário. Você já descobriu leitor? Não!? Então se avexe meu filho.

Não somos donos de nada e sim, apenas, administradores. Teremos que prestar contas ao dono, à nossa administração. Quem disse isso foi Jesus, “o cara”!

Um filósofo, que não me lembro do nome, já disse que feliz é aquele que tem menos necessidades. É verdade! Quanto mais desnecessidades, mais falta a felicidade. Eita! Até rimou. É mania, mas tá valendo. É que colocar a felicidade nas coisas materiais é uma grande ilusão e, por vezes, até satisfaz por um tempinho, mas logo, logo, o vazio retorna.

Esse final de semana fui passar dois dias na nossa capital, com as garotas, antes de retornarem á faculdade. Estavam me obrando e cobrança de mulher e filha é fogo. Arde sem queimar.

Falei dá crise, não deu certo. A minha eterna galega Camila, virou ruiva, mas não convenceu. Ela esta se achando o máximo. Ainda bem. O pior é que de quando em vez é preciso dar uma segunda mão. Coisas da juventude!

A morena, ainda de cabelo preto, por enquanto, mas já anda dando “umas camadas” .

Mas, valeu, mesmo com crise, revi amigos, primos, tios, gente do meu passado feliz. O “danado” é que nesse momento a tese de Einstein ganha força, muito tempo, sem ter tempo. É que o tempo não existe leitor, pelo, menos como o convencionamos e só existe a eternidade.

Tem gente que diz que quando morrer vai para eternidade. Bobagem, leitor, já estamos na eternidade e a vida é uma só, com várias existências. Quem disse isso foi Jesus, “para ver o Reino de Deus é preciso nascer de novo”. É preciso decodificar e tirar o véu das letras. Cem anos não dão para nada. E pior, dizem que vão descansar. Ledo engano, quem descansa é o corpo físico, e pouco, para repor a suas energias, mas nós, o espírito, estamos sempre ativos. Descansar na “eternidade” seria um eterno suplício. Rimou de novo. Continua valendo.

E a água?

É que em J Pessoa tem muita água de qualidade, para “dedéu”. Que o seu povo a aproveite bem, sem desperdício, pois é um bem finito. Eu a tratei com muito respeito. E tomei um banho como nunca mais tinha tomado. Ela está cada vez mais em menos quantidade. É um recado da natureza que age por efeito, reagindo aos nossos desmandos. Ainda bem que sei que Deus não cochila e tem controle sobre o mundo.

Que tudo está certo, nessa vida bendita.

Que somos imortais e jamais morreremos

Que a Terra é educandário, hospital e prisão.

Trazendo para alguns grandes lamentos.

Mas, não lamento de graça, meu irmão.

É o resultado do que somos e do que escolhemos.

“Não sairás daí sem antes pagares até o último ceitil”

Disse Jesus, o Nazareno.

Aprenda a não dever

E guarde razão, sentimento e fé.

S e movimente, saia do seu canto.

Dê um pouco se si

Para ajudar a vida de um irmão.

Seja feliz, pro que der e vier.

E VIVA COM FÉ.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

www.pensenisso.itaporanga.net

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Até Logo Dona Branca

13501933_1216179831734207_7805684544522139835_nAté Logo Dona Branca
(Reynollds Augusto)

 Sabe leitor,  aprendi que a vida não cessa. O corpo tem que se despedir de todos nós e o faz neste momento, é que ele é apenas um instrumento, um veículo que Deus nos permite – cada um à nossa condição pessoal- para o aperfeiçoamento próprio, evolução, que as nossas religiões coirmãs apelidam de salvação. Mas, é impermanente, como tudo que é material, físico, transitório.

 Hoje o corpo despediu-se da matrona “Dona Branca”, que do alto dos seus 102 anos ainda ainda  passava aquela expressão de paz, que só os grandes espíritos possuem. Sempre teve  uma lucidez invejável. Sabia das coisas. Era “antenada” e cuidou de sua prole com um amor de mãe, invejável.

 O meu amigo, jornalista e escritor Paulo Conserva, certa feita, confidenciou-me que ela gostava de ler os meus artigos. Fiquei lisonjeado. Deve ter sido por isso a feliz lucidez. A leitura é “malhação” para o cérebro. Ainda bem que não somos o corpo e sim usamos um corpo para o aperfeiçoamento. A energia vital desgasta-se a cada segundo e todos nós temos prazos de validade. Não adianta viver de ilusões.

 Todas as vezes que eu voltava para casa,  á pé, passava em frente a sua  e lá estava ela, lendo literatura católica. Era fervorosa em sua fé e sempre foi uma missionária na vida. Esteve sempre, cuidando, como ninguém, de quatro pessoas especiais, dois em cadeira de rodas e os outros dois com limitação mental. Todos já “viajaram”, mas foram protegidos por um amor de mãe incondicional, que poucos possuem. Deus só confia os seus filhos especiais a pessoas especiais. Estava quase sempre ligada na “Rede Vida” de televisão, mas hoje precisou sair do nosso convívio e aportar na dimensão espiritual, a nossa próxima parada.

 Um pouco mais atrás, nos anos 70/80, Dona Branca e sua família, moravam em uma casa mais a baixo, com uma varanda das antigas e sempre, ao passar, podia ver o velho Zé Conserva, sentado em sua cadeira de balanço, sempre circunspecto.

Havia na frente da casa um lindo, pujante, “pé-de-figo” que se tornou o “esconderijo” da molecada da Rua Pedro Américo. Sempre com amor, dispersava a molecada. A árvore morreu, sem explicação. É que tudo que é material é impermanente. O nosso Planeta, o Sol que o alimenta, também está se despedindo. Estamos sempre nos despedindo, dai a importância de experimentar os detalhes da vida, pequenos, vivendo cada momento. Nada de apenas existir. O tempo nem existe, segundo Einstein.

Mais á frente morava a minha linda colega de classe, filha do César e Dainha,  Solange, misto de sol e anjo, com seus pais, que era neta de dona Branca. Também partiu jovem e a comoção foi geral. É que o dia ninguém sabe e cada qual tem os seus compromissos na “conta” da vida. Mas o corpo morre e nós continuamos…

Hoje, no nosso Evangelho do Cesb-Espírita , de Boa Ventura, nós vibramos por nossa irmã, para que despertasse bem no mundo espiritual. Deve ter sido uma festa o reencontro. Enquanto alguns choram por aqui, outros sorriem por lá. Fico a imaginar Solange, misto de sol e anjo, com os filhos de ” Vó Branca”,  especiais e o seu maridão Zé Conserva, esperando o retorno da missionária do amor. É sempre assim e quase sempre os nossos parentes nos vêm recepcionar ao despertarmos no mundo dos espíritos.

 Tudo isso me fez relembrar do texto “Partida e Chegada” do livro “Momento Espírita” que quero, nesse momento, presentear á Dona Branca e aos seus:

 PARTIDA E CHEGADA

Quando observamos, da praia, um veleiro a afastar-se da costa, navegando mar adentro, impelido pela brisa matinal, estamos diante de um espetáculo de beleza rara

O barco, impulsionado pela força dos ventos, vai ganhando o mar azul e nos parece cada vez menor.

Não demora muito e só podemos contemplar um pequeno ponto branco na linha remota e indecisa, onde o mar e o céu se encontram.

Quem observa o veleiro sumir na linha do horizonte, certamente exclamará: Já se foi.

Terá sumido? Evaporado?

Não, certamente. Apenas o perdemos de vista.

O barco continua do mesmo tamanho e com a mesma capacidade que tinha, quando estava próximo de nós.

Continua tão capaz, quanto antes, de levar ao porto de destino as cargas recebidas.

O veleiro não evaporou, apenas não o podemos mais ver. Mas ele continua o mesmo.

E talvez, no exato instante em que alguém diz: Já se foi, haverá outras vozes, mais além, a afirmar: Lá vem o veleiro.

Assim é a morte.

Quando o veleiro parte, levando a preciosa carga de um amor que nos foi caro e o vemos sumir na linha que separa o visível do invisível dizemos: Já se foi.

Terá sumido? Evaporado?

Não, certamente. Apenas o perdemos de vista.

O ser que amamos continua o mesmo. Sua capacidade mental não se perdeu. Suas conquistas seguem intactas, da mesma forma que quando estava ao nosso lado.

Conserva o mesmo afeto que nutria por nós. Nada se perde, a não ser o corpo físico de que não mais necessita no outro lado.

E é assim que, no mesmo instante em que dizemos: Já se foi, no mais Além, outro alguém dirá feliz: Já está chegando.

Chegou ao destino levando consigo as aquisições feitas durante a viagem terrena

A vida jamais se interrompe nem oferece mudanças espetaculares, pois a natureza não dá saltos.

Cada um leva sua carga de vícios e virtudes, de afetos e desafetos, até que se resolva por desfazer-se do que julgar desnecessário

A vida é feita de partidas e chegadas. De idas e vindas.

Assim, o que para uns parece ser a partida, para outros é a chegada

Um dia partimos do mundo espiritual na direção do mundo físico; noutro, partimos daqui para o espiritual, num constante ir e vir, como viajores da Imortalidade que somos todos nós.

*   *   *

Victor Hugo, poeta e romancista francês, que viveu no século XIX, falou da vida e da morte dizendo:

A cada vez que morremos ganhamos mais vida. As almas passam de uma esfera para a outra sem perda da personalidade, tornando-se cada vez mais brilhante.

Eu sou uma alma. Sei bem que vou entregar à sepultura aquilo que não sou.

Quando eu descer à sepultura, poderei dizer, como tantos: meu dia de trabalho acabou. Mas não posso dizer: minha vida acabou.

Meu dia de trabalho se iniciará de novo na manhã seguinte.

O túmulo não é um beco sem saída, é uma passagem. Fecha-se ao crepúsculo e a aurora vem abri-lo novamente.

 

Amanha , 8 horas, vou acompanhar aquele corpo que ajudou Dona Branca a cumprir sua missão. E foi forte, destemida, conseguiu estar por aqui 102 anos. Não vou triste, por saber que ela segue feliz. Nessa vida que não cessa.

Até mais Dona Branca, o “céu” está em festa.

Pense Nisso! Mas pense agora mesmo.

 

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

É Noite de Forró. Ou Não?

É Noite de Forró. Ou Não?

(Rey Auca)

 São Pedro IINada fica para permanecer leitor e o dinamismo da vida é resultado da lei do progresso.

Jamais um dia será igual ao outro, mesmo que parecido. É que nada de se repete e a mudança é dinâmica existencial. Cada dia uma nova oportunidade, cada oportunidade um recomeço e isso até o fim dos tempos que, na verdade, não existe. O tempo existe, sem existir. É relativo, como disse Einstein. Todos somos individualidades imortais, usando corpos, instrumentos, com prazo de validade e que morre a cada dia. Tem gente que se “abestalha” e vai antes. Todos na contagem regressiva.

 Foi por isso que Jesus disse que “a cada dia o seu mal”. E replico, e seu bem também.

Apesar de o planeta Terra ser atrasado, pela condição psíquica de seus habitantes, ele nos propicia momentos de felicidades, não “a felicidade”, pois ainda não temos condições de senti-la, mas podemos ser tão felizes quanto o planeta permita, disseram os imortais. Vez por outra é preciso nos distrair, rever lugares, familiares, pessoas, mudar a rotina, dançar forró. Parodiando o sambista: “quem não gosta de forró, bom sujeito não é”.

 PegadãoO danado é que em época da festa do forró estão misturando outros ritmos. É meio estranho, mas a garotada gosta. São outros tempos. Foi o que aconteceu em Itaporanga. Tem uma tal de “sofrência” que a minha garota de oito anos sabe que “é uma peste”. Ontem, em Itaporanga, cantaram uns tais de “Pedrinho Pegaçao” e “Jonas Esticado”. A pegada foi boa e com muitas luzes, efeitos. Isso para juventude, pois ainda só me animo com os tradicionais forrós das “noites de São João”. Eles esticaram até o dia raiar. É que é o tempo dessa meninada bonita. Já eu, voltei para casa quando o “Pedrinho Pegação” começou a tocar. Um jovem cheio de energia, mas o ritmo não conseguiu me pegar.

 Antes, á tarde, fui rever familiares, que sempre vem à Itaporanga para recarregar as baterias. É que a terra onde nascemos está enraizada no íntimo e retornamos, não pela festa em si, que já não é mais a mesma e sim pela importância de colocar os pés no palco inicial de nossa historia, do começo de tudo. Tem gente que até chora. É que estamos sempre nos despedindo e esse contexto, de cada um, jamais se repetirá. Foi por isso que o “bíblico” disse, que “só se morre uma vez”. E é verdade leitor, você com esse CPF, esse RG, esse título de eleitor só morre uma vez e enterrado com as suas ilusões. Ficam as lembranças

 Tinha “pouca” gente na rua. E deu até para dançar bem. É que é inicio de semana e a turma ainda está trabalhando. Hoje vou para “Cachoerinha” dançar forró de verdade, típico, isso me anima. A família estará presente e hoje, com certeza, vou “pegar o astro rei com as mãos”. É que dançar forró faz bem á alma e ao coração.

 E VIVA SÃO PEDRO!

 PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

 www.pensenisso.itaporanga,net

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Sejamos Todos “Pedra” e Façamos Amizades

PENSE NA PEDRA. E TAMBÉM NA AMIZADE

…………………………………………………………………………..

 Sejamos Todos “Pedra”e Façamos Amizades

                                                            (Reynollds Augusto )

vandeiltonNa vida é preciso que todos nós sejamos “pedra”, fortes, destemidos, procurando atingir as nossas metas. Foi por isso que Jesus um dos maiores, que já veio a esse “orbe” ,disse que todos nós “somos deuses”. Mas, com “d” minúsculo.

É preciso vencer os desafios, que são obstáculo propostos pela vida à nossa evolução, “salvação”, como dizem algumas religiões, mas que não são impositivos são consequências do que pensamos e do que fazemos. Todo mundo tem a vida que merece e passa pelas provas e expiações que têm que passar, rumo à plenitude, disso ninguém de esquivará. “ A cada um segundo às suas obras”, disse Jesus e ainda podemos acrescentar e “segundo ás suas omissões”.

CantandoOntem eu fui ao Centro Espírita Jesus de Nazareth participar de mais uma reunião Pública Doutrinária, ou reunião espiritual. Os expositores foram o jovem Itauã Ramalho e Vandeilton Tobias, que falaram sobre os desafios de Pedro, a quem o mestre tanto confiava e que o negou três vezes , pela sua fragilidade , mas que depois deu a sua vida para o bem do evangelho, chegando ao ponto de deixar-se ser crucificado de cabeça para baixo, pois não se achava merecido se morrer como o mestre.

PENSE NUMA DOR!

Estava com saudades, pois a casa espírita é uma “Universidade do Saber Humano”. É que fomos visitar os nossos amigos e irmãos do coração, Léo e Inês. Os “galegos dos “óis azuis” . Estávamos com uma saudade da peste e fomos dançar forró em SUMÉ e ainda de quebra fomos a MONTEIRO. Duas belas cidades. Dois dias de muita alegria e felicidade. O danado é que fui pela “praça do meio do mundo” , por segurança” e rodei muito. Acionei o GPS do Celular e voltei por TEIXEIRA e ficou perto demais. Mas, conhecemos outras “geografias”.

 20160624_175356Nós Conhecemos Léo e Inês quando o maridão veio a Itaporanga assumir um cargo no Cartório Eleitoral. Publicação mo diário Oficial da União, o “cabra” inteligente não pensou duas vezes , casou-se com a sua então namorada Inês e os dois viajaram para Itaporanga, para experimentar novos desafios. O início de outra etapa de vida.Besta dele se tivesse titubeado. A mulher além ser linda por fora é mais linda por dentro. O “cabra” se deu bem.

 Inês, espírita, nos procurou na nossa instituição para se “enturmar” e quem estava por lá, nas atividades com a gestante, no dia escolhido era Williana, a minha esposa. Foi um reencontro, sintonia à primeira vista. Tornou-se uma das evangelizadoras mais amadas da meninada, mas como estamos sempre nos despedindo seguiu para perto dos seus.

 Mas, agora ficou mais fácil os nossos reencontros. Uma pena que eles não poderão vir para o forro de Cachoerinha, oi São Pedro que acontecerá terça .Vamos dançar o melhor arrasta-pé da região e se deliciar com a comida típica de NANÁ, a minha excelente sogra.

Isso me fez relembrar a minha relação com a amada. Ela teria que viajar com seus Pais para João Pessoa e eu teria que tomar uma atitude. Casar ou não casar? Fiz como o Léo e não titubeei casando com a “cabocla”.

 Ninguém é besta !

No início foi difícil mais as coisas foram se acalmando, pois o amor supera montanhas de dificuldades.

Vá ao Centro Espírita Kardecista e transforme-se em Pedra.
Faça amizades e encontre a felicidade.
É isso que interessa.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

www.pensenisso.itaporanga.net

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

PELA BÍBLIA, O QUE IMPORTA É O ESPÍRITO, POIS O CORPO É PÓ

1ABPENSE NISSOPense Nisso! Mas Pense Agora Mesmo

 

PELA BÍBLIA, O QUE IMPORTA É O ESPÍRITO, POIS O CORPO É PÓ

                                                                                                       (José Reis Chaves)

             Os teólogos dos primeiros séculos do cristianismo e até mesmo os próprios apóstolos e autores do Novo Testamento, nem sempre conhecedores dos verdadeiros ensinamentos que o enviado de Deus nos trouxe, ensinaram doutrinas erradas. É que temos uma tendência para as coisas materiais do nosso ego. E Jesus sabia disso: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (São Mateus 6: 33).

                   E essa nossa tendência material está presente também, frequentemente, no nosso entendimento das passagens bíblicas, ora interpretadas literalmente, quando deveriam ser figuradamente, e vice-versa. Aliás, atualmente São feitas interpretações forçadas absurdas de passagens da Bíblia, para que elas deem sustentação às várias doutrinas criadas pelos teólogos. Daí tantas divisões no cristianismo!

                   E um detalhe: na Bíblia há até textos de autores materialistas. Vejamos dois exemplos. “Pois os saduceus declaram não haver ressurreição, nem anjo nem espírito; ao passo que os fariseus admitem todas essas coisas.” (Atos 23: 8); e “Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tão pouco terão recompensa, porque a sua memória jaz no esquecimento.” (Eclesiastes 9: 5). Os textos materialistas citados nos demonstram que a Bíblia jamais pode ser considerada, na íntegra, a palavra de Deus. Mas, ela contém muitas coisas de Deus, por isso, não a consideremos jamais inútil! Somente, devemos ter o cuidado de não a colocarmos acima de Deus, evitando assim a prática da bibliolatria como acontece com muitos irmãos nossos evangélicos, que falam mais nela e parecem amá-la mais do que ao próprio Deus! Assim, louvemos e amemos a Bíblia, mas com moderação!

E é muito importante que atentemos para o fato de que, atualmente, se cometem muitos erros bíblicos escandalosos tanto de modificações dos seus textos como de interpretações forçadas literais e alegóricas deles. Com o pretexto de usarem uma linguagem mais moderna, fazem interpolações nos textos bíblicos e cortes neles para adaptarem-nos às doutrinas teológicas. Essas irregularidades têm acontecido mais nas traduções para a nossa Língua Portuguesa, porque no Brasil, o espiritismo é muito forte, e a Bíblia possui várias passagens espíritas. E um detalhe, a presença de católicos (e entre eles padres) nos centros espíritas é, hoje, maior do que dos próprios espíritas! E há neles, também hoje, nas cidades grandes e de porte médio, uma boa frequência de protestantes e evangélicos.

Muitas correntes evangélicas e protestantes pregam que a ressurreição é do corpo quando, pela Bíblia (1 Coríntios 15: 44 e 50), ela é do espírito e do corpo espiritual (períspirito). Elas são influenciadas pela citação antiga do Credo (Símbolo Niceno-Constantinopolitano) da Igreja. Acontece que a Igreja tem dito hoje: “Creio na ressurreição dos mortos”, não mais, pois, da carne. E que os mortos vão ressuscitar, vão mesmo! Inclusive, eles ressurgem ou ressuscitam também quando seus espíritos reencarnam, pois, na reencarnação, a ressurreição é do espírito na carne!

Abandonemos a religião de cultura materialista, e abracemos a de cultura espiritualista (Eclesiastes 12: 7), cientes de que, no mundo espiritual, a ressurreição definitiva é também do espírito, pois lá, matéria não tem vez!

PS: No seu centro espírita ou auditório de sua cidade, apresente o filme espírita: “Nos Passos do Mestre”: http://nospassosdomestreofilme.com.br

 

 

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Evangelho no Lar

 

Rey Auca
 PENSE NISSO! MAS PENSE AGORINHA MESMO

………………………………………………………………………………….
Evangelho no Lar
(Reynollds Augusto)

Sabe leitor há quanto tempo você não reúne, em torno de uma mesa, a sua família não apenas para alimentar o corpo e sim a alma. Hoje, nem isso. A turma, da família, se alimenta assistindo televisão, impactados pela tela da ilusão. Os filhos nem se fala!

A maioria dos familiares, hoje, é “estranho” dentro de casa. Mas, há uma solução leve, solta, feliz que produz um resultado “danado”. Escolher um dia por semana para tratar de temas importantes para o esteio psicológico dos componentes da família. É o EVAGELHO NO LAR, que faz parte de uma campanha permanente da Federação espírita Paraibana.

É que o evangelho é o maior código deontológico da vida. Nada de novo. Todas essas deontologias de grupos, de profissões, têm nele o seu esteio. Isso se chama educação, que o nosso Estado não aprendeu ainda a dar, por conta da degeneração dos seus agentes políticos, que não compreenderam os seus papeis da ordem social. ( Não todos)

Se a família não tomar a iniciativa sairemos para sociedade contaminados pelas ilusões das mídias, que em vez de preparar o cidadão, formam crápulas. Nossa mídia não é constitucional e sim materialista, consumista, alienativa. Isso que vemos hoje, no Brasil é fruto disso. Não sabemos o nosso papel na vida.

Hoje o nosso tema foi feliz. Discutimos a diferença entre participar e usufruir. É mais importante participar, para usufruir e não usufruir sem participar. Isso é egoísmo desonestidade. É fenômeno corriqueiro no dia a dia. Tem a ver com a nossa evolução espiritual.

O mestre lionês Alan Kardec, na questão 766, perguntou aos imortais se a vida social está em a Natureza? Eles responderam que sim. Que “Certamente Deus fez o homem para viver em sociedade e não lhe deu inutilmente a palavra e todas as outras faculdades necessárias á vida de relação, por nada.”.

É preciso participar, leitor, ativamente. Mostrar-se um elemento social ativo. É preciso ser, como disse Gandhi, a mudança que queremos para o mundo. Isso não virá de fora para dentro e sim de dentro para fora. Mas, com consciência, sem ilusões, para que possamos fazer o “nosso pezinho de mesa” no mundo dos espíritos quando esse corpo se for e ela se vai todos os dias. Estamos todos na contagem regressiva.

Finalizamos o encontro da tarde com o poema do Espírito UM AMIGO POETA, para reflexão:

Poeta e LuciaMORADAS
( Um Amigo Poeta)

A construção das moradas
Do plano espiritual
Não é feita de forma apressada
Como na Terra e isso é normal.

Cada Tijolo é assentado
Conforme tua condição
Depois o homem é convidado
Para a sua habitação.

Conforme a vida permite,
Tua morada fica pronta ,
E a morte faz o convite,
Se a alma no corpo se encontra.

Mas, há moradas elevadas,
E Há moradas, também , inferiores,
Para lá as almas são levadas
Por terem causado as dores.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

www.pensenisso.itaporanga.net

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Ciquenta anos não são cinquenta dias

BoloCinquenta Anos Não São Cinquenta Dias

(Reynollds Augusto)

Sabe leitor, o grande Einstein disse uma verdade verdadeira: O tempo não existe. Não é que é mesmo!

E ele é tão relativo que daqui a pouco todos nós seremos “história”, pelo menos no aspecto físico, material, que é um dos elementos do universo, além do espiritual que  é  Deus, a causa, não necessariamente esse “deus” pregado por algumas religiões. É a trindade, de fato, universal: Deus, espírito e matéria.

E pensar que há exatos cinquenta anos o engenheiro Mauto Diniz veio por essa bandas  semeae  a proposta espírita que, em minha opinião é Jesus de volta, sem nunca nos ter deixado.

Ontem a família espírita estava junta, presente, feliz, comemorando um marco. Pelo menos quase todos. Destaque pela visita do nosso amigo TIÃO e os amigos do Centro Espírita Jesus de Nazaré de Catingueira, a casa do poeta espiritual , UM AMIGO POETA.

Muitos outros foram ás festas juninas, pois estamos em tempo de forró e quem “não gosta de forró, bom sujeito não é”, parodiando o sambista.

Eu não fui. Até fui, depois da festa de aniversário do CEJN. Para mim, primeiro a proposta evangélica, espírita, depois o “resto”.  É uma questão de eleição, de prioridade. É preciso priorizar as “coisas” do espírito, pois o resto está ficando e chega logo, pois o tempo é ilusão. Só quem teve uma experiência de “quase morte”, como eu, sabe do que estou falando. Alguns dias em coma valem mais que uma vida de religião.

Eu digo que todo mundo deveria passar por isso, um “comazinho”, sem gravidade. Quase sempre retornamos  sem muitas ilusões.  Brincadeira leitor! Podemos aprender com consciência mesmo é menos grave. Ainda bem que retornei lúcido. O rombo na cara não  conseguiu atingir a minha massa encefálica. A minha esposa, amor da minha vida, companheira para o que der e vier, foi essencial na minha recuperação. Outro dia perguntei-lhe se eu estivesse retornado com “defeito”, especial, como os médicos possibilitavam, se ela permaneceria comigo?  Com a resposta o meu amor aumentou.

É mulher de fibra!

Mas, do acidente só fiquei com uma marca meio saliente no rosto. E foi bom, pois toda vez que vou fazer a minha barba a vejo e regrido conscientemente e  não permito que as ilusões do caminho me tirem da estrada.  Pense numa coisa fácil de acontecer!  Há muita gente que está mais para lá do que para cá e vivem “brincando” de viver. É até bom brincar na vida e eu ainda sou um “moleque”, por opção. As minhas filhas de 18 anos, ficam perguntando quando eu vou crescer! Pode?

Mas, nós tivemos a visita de dois importantes irmãos que fazem parte do movimento espírita da cidade de Patos.  Monálison e Severino Neto. O primeiro falou bonito para comunidade de Boa Ventura, no Cesb. Espírita. O Outro falou com convicção na palestra que encerrou a comemoração dos 50 anos do Centro Espírita Jesus de Nazareth de Itaporanga.

Quando o presidente JARDEL AMANCIO estava dando o seu depoimento final e encerrando as atividades da noite, quem nos ligou foi o presidente da Federação Espírita Paraibana, Marcos Lima, que emocionado, emocionou a todos.

O mico do ano é que calculei errado e aqui em casa faltou água. Estamos sofrendo. Eu até ofereci a casa da minha mãe, que tem um poço, para Antônio Neto e Monálison banharem, mas como estava em cima da hora eles abstiveram e botaram o “perfumezinho francês”. Um “cheirinho para cobrir outro cheirinho”.  Mas, no final, deu tudo certo. É lei da vida e tudo é aprendizado.

Pretendo estar no aniversário de cem anos. Mesmo, desencarnado. Forró nenhum me tirará da comemoração. A pena é que não vou poder comer o bolo.

E VIVA O CENTRO ESPÍRITA JESUS DE NAZARETH

Parabéns aos semeadores de toda essa grandeza.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO.

t

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Pois nada há de oculto que não venha a ser revelado, e nada em segredo que não seja trazido à luz do dia


PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
BOM DIA COMUNIDADE!
………………………………………………………………………….

Pois nada há de oculto que não venha a ser revelado, e nada em segredo que não seja trazido à luz do dia.
                                           ( Rey Auca)

Essa assertiva, leitor, é bíblica e diz uma verdade: um dia saberemos de tudo. É que o nosso móvel é o progresso e ele se realiza paulatinamente e de acordo com as luzes de cada tempo. Saber, conhecer, entender são caminhos da evolução, como também sentir, amar. São as representativas da evolução, a razão e o sentimento.

Quando esses dois andarem jutos o céu – que é um estado interior, pois Jesus disse que “O Reino de Deus está dentro de vós” – terá chegado á Terra e não adianta procurar fora ou com fórmulas mirabolantes, pois milagres, que seriam derrogações da lei de Deus, não existem e tudo é esforço, ação, vivência, pois a “fé sem obras é morta”.

E não apenas essa fé , equivocada, ensinada pela maioria das religiões onde se encontram a maioria dos “falsos” profetas, que segundo Jesus, enganariam até os escolhidos”. Sendo por isso que é bom ficar esperto e precisamos ser “astutos como as serpentes e sem malicia com as pombas”, disse J.C , o mestre dos mestres.

Nós estamos vivendo momentos históricos no Brasil onde o véu está sendo levantado. As coisas escondidas estão sendo descobertas e ficamos observando tudo com cara de bobos, ás vezes estupefatos, outras vezes nos sentimos traídos, “roubados”, enganados por essas “caras” profissionais da política, que fizeram de seus cargos políticos meios para se locupletarem e lesarem a nação.

Hoje sabemos por que o Brasil tem “muito pouco” e sem qualidade. Se pararmos para pensar ninguém escapa e nessa ordem estabelecida o menos sofrível é escolher o “menos ruim”, dessas caras enojadas, que não nos representam.

Eu, como você, não me sinto representado, pois fomos enganados, literalmente enganados. A cada dia surge uma novidade e o que nos resta é torcer para que os órgãos constitucionais como a Justiça, o Ministério Público e a Polícia Judiciária Federal – que estão funcionando bem, sem ingerências- cumpram os seus papeis e extirpem esse câncer do nosso seio, não se deixando envolver pela politicalha sórdida, que contaminada, quer contaminar a todos.

Mas não sou, parafraseando uma frase de um dos agentes políticos, “otimistas úteis”. Agora, com a Net, estamos mais realistas e o povo sabe onde a verdade está. Eles não conseguem mais enganar nem a eles mesmos.

O bom é que as instituições estão funcionando e só elas poderão “salvar” essa nação. Esse modelo político, de legislação e gestão não está mais funcionando e só serve para locupletar os lidadores da coisa pública. É tanto dinheiro do povo desviado, que nem se eu reencarnasse umas cem vezes com uma experiência de cem anos em cada momento existencial, conseguiria usar esse dinheiro podre.

Não sei para que? No mínimo é burrice, pois isso compromete a vida da pessoa, do espírito imortal, que segue sempre para vivenciar o resultado das suas “burrices”, pois “não sairás daí- do planeta Terra- enquanto não pagares o último ceitil” e a Deus ninguém engana e com ele está a suprema das supremas jurisdições.

Das leis universais, de Deus , ninguém foge

Outro dia um advogado disse, em rede nacional , que “não se faz obras nesse país sem propinas”.

Foi uma facada.

Mas, sou otimista e depois dessa tempestade virá a “bonança” e tudo “está certo”, tudo é aprendizado e as leis naturais estão funcionando, pois “nada há de oculto que não venha a ser revelado, e nada em segredo que não seja trazido à luz do dia”
.
E VIVA O BRASIL! O Brasil…

www.pensenisso.itaporanga.net

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso