As Três Saídas

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
…………………………………………………………………………
APENSE NISSOAs Três Saídas
(Reynollds Augusto)

Essa semana nós começamos a estudar o livro O CÉU E O INFERNO, que faz parte da Codificação Espírita e que trata de leis e sinais evidentes da vida após a morte.

Esse é um tema que interessa a todos, pois todos estamos na contagem regressiva para o retorno ao plano espiritual, lugar donde viemos e que, temporariamente, estamos esquecidos, como forma de recomeço e acerto na busca do equilíbrio.

Tem muita gente boa que entra da onda de realizar Regressão de Memória, para resgatar o passado distante. Eu não aconselho, a não ser como forma de terapia. Há casos de pessoas comprometidas pesadamente e cujo resgate agravou a situação presente. No tempo certo saberemos de tudo. “Nada há de ficar escondido”, segundo a narrativa das escrituras ditas sagradas.

Mas temos três saídas, para a vida a após a morte:

O Niilismo. Ou seja, o nada. Morreu acabou. E isso é desesperador. Destruição absoluta. Esse sistema nos leva ao egoísmo. Tudo será aniquilado. É racionalmente incongruente pensar que isso pode acontecer. Como disse uma de nossas debatedoras, da cidade de Piancó, não se concebe essa tese, uma vez que no imo nós temos a certeza da vida após a morte.

O Panteísmo. Uma tese melhor concebível que o Niilismo, mas também, sem racionalidade. É como se fossemos todas as partículas de Deus e quando o corpo morre, nós voltaríamos ao todo universal. Perderíamos a nossa individualidade, que seria a soma das nossas personalidades, experimentadas ao longo da vida, que não tem fim. Saber, sentimento, família, conquistas todas perdidas. Parece com o Niilismo, pois, da mesma forma, é como se não fossemos nada.

E por fim a individualidade da alma antes e depois da morte. Esse é o melhor sistema e mais racional. A tese comprovada pela Doutrina Espírita, que tem um laboratório próprio cuja mediunidade, é o instrumento de apreciação. “Mortos” que voltam para dizer como é o mundo dos espíritos. Que ainda guardam relação e preocupação com os que ficaram aqui.
Todas as religiões admitem essa verdade, mas poucas entendem como isso se dá. Os dogmas, os interesses, a imposição do medo, para dominar, afastaram-nas desse “correio” que prova que somos imortais, temporariamente utilizando um corpo físico.

Morrer é mudar de lugar. Ainda bem.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

A vida. Ninguem Consegue Destruí-la

Rey tomando posseA vida. Ninguem Consegue Destruí-la
( Reynollds Augusto)

 

A maioria de nós somos leigos no que se refere a grandeza da vida. Na verdade somos imortais e jamais conseguiremos matar  o espírito, que segue sempre após a morte do corpo físico.Que está acontecendo nesse momento. O Estágio é curto, mas perdê-lo por iniciativa própria  trará duras conseqüências.

Vez a outra algum conterrâneo, do Vale do Piancó, faz a besteira de tirar a sua própria vida. O nosso despreparo espiritual nos leva a cometer desatinos e buscar as ilusões.  Dessa feita foi um jovem de  dezenove anos. Dizer o que se passa na cabeça de alguém quando resolver tomar  essa atitude é difícil. Há inúmeras explicações, nesse caso parece ter sido uma desilusão amorosa.

Se o leitor quiser der uma espiadela no Livro dos Espíritos intitulado  “Desgosto Pela Vida- Suicídio” entenderá porque a idéia de suicídio surge. Da questão 943 em diante.( https://livrodosespiritos.wordpress.com/esperancas-e-consolacoes/cap-i-penas-e-gozos-terrenos/vi-desgosto-pela-vida-suicidio/)

Os espíritos falam que, geralmente, o suicídio nasce no coração do ser pela ociosidade, falta de fé e quase sempre pela saciedade. A vida é um imposição do “Direito Natural” para o progresso do espírito, que não deve  dispôs de sua vida (orgânica), sob pena de sair do processo comprometido. “ O suicídio voluntário é uma transgressão dessa lei e que  “o louco que se mata não sabe o que faz”.

Talvez a religião tradicional tenha um pouco de culpa nisso, pois não prepara o seu adepto para entender a vida. As fórmulas, os ritos  , as rezas, a instrumentação exterior , distraem muita gente no que se refere ao entendimento da vida. Tem religião que em vez de aproximar-nos de Deus, da Causa, mas  nos distancia. Jesus sabia disso e por isso sustentou que mandaria outro consolador, que hoje sabemos tratar-se da Doutrina Espírita.

Tudo isso me fez relembrar da dica do espírito Joana de Angelis, que assevera:  

 

“Herdeiro de si mesmo, carregando, no inconsciente, as experiências transatas, o homem não foge aos atavismos que ojungem ao primitivismo, embora as claridades arrebatado­ras do futuro chamando-o para as grandes conquistas.  Liberar-se do forte cipoal das paixões animalizantes para os logros da razão é o grande desafio que tem pela frente.Onde quer que vá, encontra-se consigo mesmo.”

 

Ninguem foge de si mesmo, pois  as nossas ações repercutirão na própria vida, pois isso é da lei. O bom é que é , também,  da lei, que ninguem se perca, pois fomos feitos para o progresso da razão e do sentimento que as religiões apelidam se “salvação”. Até lá muito “choro e ranger de dentes”.

 

Vamos elaborar para as nossas vidas metas a curto, médio e longo prazo. Isso dará sustentação para o espírito. A maior meta a ser alcançada é nossa paz interior, que depende de maturidade para saber quem se é. Para isso é preciso conhecimento, planejamento , que nos permitam o desenvolver de atitude saudáveis ,equilibrando a emoção.

 

A solidariedade é ponto essencial. Quem é solidário jamais será solitário e  a idéia de suicídio passa de largo. Ninguém consegue destruir a vida, mas consegue embaraçá-la.  Nosso objetivo é ser feliz. Isso depende de maturidade  espiritual.  A vida está a nosso favor, mesmo quando pensamos que não.

 

Ao garoto Darlison, nossas vibrações e a força para o recomeço.

Ninguem consegue destruira vida

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

 

 

 

 

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

“Curso de Filosofia Espírita

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
………………………………………………………………………………….
O Céu e o Inferno
(Reynollds Augusto)

As reuniões das quintas-feiras do Centro Espírita Jesus de Nazaré, da cidade de Itaporanga, são reservadas para Estudos. Dificilmente se entende a proposta do Consolador prometido sem dar uma mergulhada nas questões elementares, em torno da existência, como por exemplo: Quem eu sou? O que estou fazendo aqui? Para onde vou após a morte do corpo físico? O tudo ou o nada?

São questões que ainda inquietam a humanidade, diante de uma vida física tão curta, mais tão curta, que sempre nos causa espanto.

“Ô VIDA LIGEIRA!”

São estudados, em quintas alternadas, dois excelentes livros, de suma para o nosso equilíbrio pessoal, que fazem parte da Codificação Espírita: O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO, que tem como facilitadora a nossa querida CLÁUDIA BANDEIRA, e, agora, começamos a estudar “O CÉU E O INFERNO”, facilitado por mim.

O Evangelho é retirado das terceira parte de O LIVRO DOS ESPÍRITOS, que trata das leis morais; O Céu e o inferno, retirado, da quarta parte desse mesmo livro, tratando das esperanças e consolações. O Livro dos Espíritos é a espinha dorsal dessa Doutrina de amor e razão, profetizada por Jesus, em momento grave de sua vida.

“Se vós me amais, guardai meus mandamentos; e eu pedirei a meu Pai, e ele vos enviará um outro consolador, a fim de que permaneça eternamente convosco… (João, Cap XIV, v.15, 16,16 e 26)

Ele chegou. É a Doutrina Espírita.

Mas, ontem, foi muito produtivo a discussão da noite. Quando não fugimos da aparente positividade da vida, procurando oxigenar a alma com idéias de cunho espirituais, realistas, nos perdemos no meio do caminho. Estudar questões espirituais, racionais, é o contraponto para que nós não percamos o norte da existência.O livro é encantador, o debate também.

Estou levando ao ar, pela Rádio Boa Nova Comunitária , de Itaporanga, (http://www.boanova87.com.br/) várias reflexões em torno desse excelente livre, que nos abre a mente para as questões de vida após a morte, que esse ano completa 150 anos. . Comigo, nesse bate papo radiofônico, o nosso amigo e irmão HERCULANO PEREIRA, um estudioso dessa Doutrina de amor. O meu irmão Vicente, disse que ele será o tema do SERTÃO JOVEM ESPÍRITA de 2015, que acontece no mês de julho

O Livro O CÉU E O INFERNO é quarta das cinco obras que formam a Doutrina Espírita. Ele trata da Justiça de Deus á luz do Espiritismo. É uma leitura agradável e racional. Aborda a imortalidade do espírito , do que o espera no mundo espiritual.

A primeira parte desse livro ventila em torno de um exame comparativo das demais religiões no que diz respeito à vida após a morte. Morte de crianças, irmãos nossos que nascem com deformações, acidentes coletivos e uma gama de problemas que experimentamos ao longo da existência, explicados satisfatoriamente. O professor Kardec tratou de outros temas como anjos,céu, demônios, inferno, penas eternas, purgatório, temor da morte, a proibição mosaica sobre a evocação dos mortos e etc.

Eu gosto da segunda parte, pois é resultante de um trabalho prático em torno de experimentos da alma durante e após a desencarnação. Relatos a depoimentos de criminosos arrependidos, de espíritos duros, espíritos felizes , medianos, suicidas e estuda a expiação terrestre.
Vale a pena o curso.
“BORA”?
PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

"PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO<br />
..............................................................................................<br />
O Céu e o Inferno<br />
 (Reynollds Augusto)</p>
<p>As reuniões das quintas-feiras do Centro Espírita Jesus de Nazaré, da cidade de Itaporanga, são reservadas para Estudos.  Dificilmente se entende a proposta do Consolador prometido sem dar uma mergulhada nas questões elementares, em torno da existência, como por exemplo: Quem eu sou? O que estou fazendo aqui? Para onde vou após a morte do corpo físico? O tudo ou o nada? </p>
<p>São questões que ainda inquietam a humanidade, diante de uma vida física tão curta, mais tão curta, que sempre nos causa espanto.</p>
<p>“Ô VIDA LIGEIRA!” </p>
<p> São estudados, em quintas alternadas, dois excelentes livros, de suma para o nosso equilíbrio pessoal, que fazem parte da Codificação Espírita: O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO, que tem como facilitadora a nossa querida CLÁUDIA BANDEIRA, e, agora, começamos a estudar “O CÉU E O INFERNO”, facilitado por mim.</p>
<p>O Evangelho é retirado das terceira parte de O LIVRO DOS ESPÍRITOS, que trata das leis morais; O Céu e o inferno, retirado, da quarta parte desse mesmo livro, tratando das esperanças e consolações. O Livro dos Espíritos é a espinha dorsal dessa Doutrina de amor e razão, profetizada por Jesus, em momento grave de sua vida.   </p>
<p>“Se vós me amais, guardai meus mandamentos; e eu pedirei a meu Pai, e ele vos enviará um outro consolador, a fim de que permaneça eternamente convosco... (João, Cap XIV, v.15, 16,16 e 26)</p>
<p>Ele chegou. É a Doutrina Espírita.</p>
<p>Mas, ontem, foi muito produtivo a discussão da noite.  Quando não fugimos da aparente positividade da vida, procurando oxigenar a alma com idéias de cunho espirituais, realistas, nos perdemos no meio do caminho. Estudar questões espirituais, racionais, é o contraponto para que nós não  percamos  o norte da existência.O livro é encantador, o debate também. </p>
<p>Estou levando ao ar, pela Rádio Boa Nova Comunitária , de Itaporanga, (http://www.boanova87.com.br/) várias reflexões em torno desse excelente livre, que nos abre a mente para as questões de vida após a morte, que  esse ano completa 150 anos. . Comigo, nesse bate papo radiofônico,  o nosso amigo e irmão HERCULANO PEREIRA, um estudioso dessa Doutrina de amor. O meu irmão  Vicente, disse que ele será o tema do SERTÃO JOVEM  ESPÍRITA de 2015, que acontece no mês de julho</p>
<p>O Livro O CÉU E O INFERNO  é quarta das cinco obras que formam a Doutrina Espírita. Ele trata da Justiça de  Deus  á luz do Espiritismo. É uma leitura agradável e racional. Aborda a imortalidade do espírito , do que o espera no mundo espiritual. </p>
<p>A primeira parte desse livro ventila  em torno de  um exame comparativo das demais religiões no que diz respeito  à vida após a morte. Morte de crianças, irmãos nossos que nascem com deformações, acidentes coletivos e uma gama de problemas que experimentamos ao longo da existência, explicados satisfatoriamente. O professor Kardec tratou de  outros temas  como anjos,céu, demônios, inferno, penas eternas, purgatório, temor da morte, a proibição  mosaica sobre  a evocação dos mortos e  etc.</p>
<p>Eu gosto da segunda parte, pois é resultante de um trabalho prático em torno de experimentos da alma durante e  após a desencarnação. Relatos a depoimentos de criminosos arrependidos, de espíritos duros,  espíritos felizes , medianos, suicidas e  estuda a  expiação terrestre.<br />
Vale a pena o curso.<br />
“BORA”?<br />
PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO<br />
www.pensenisso.itaporanga.net"

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

É FANTÁSTICO

É FANTÁSTICO
……………………………………………………………………………..
O Semeador de Estrelas Esteve no Fantástico
(Reynollds Augusto)

Ontem á noite o céu estava iluminado de estrelas de encantamento e esperanças. É que a “Revista Fantástico”, exibiu uma excelente reportagem sobre nosso irmão DILVADO PEREIRA FRANCO, o “semeador de estrelas”, no dizer da escritora Suely Caldas Schubert.

Divaldo é o “Paulo de Tarso” dos dias atuais e viaja o mundo propagando a mensagem do espírito mais perfeito que já esteve por esse “planetinha”, que é um poeirinha cósmica, gravitando no espaço infinito, morada de espíritos atrasados, movidos pelo o orgulho e egoísmo, as duas grandes chagas da humanidade. Um baiano que tem uma obra social , em Salvador, chamada “A MANSÃO DO CAMINHO”, que recolhe crianças abandonas, excluídas para o resgate pessoal.

Foram aproximadamente dez minutos de luz, alegria, reflexão, em torno da vida de um ser que pode ser considerado Cristão de verdade.

Nós, em sua maioria, ainda somos “pseudo-s” cristão e vamos á busca do mestre para resolver os nossos problemas, fazer barganhas. É certo que ele nos fornece uma almofadinha, mas , definitivamente, não os resolve. Divaldo tem como orientadora o espírito Joana de Angelis, um ser especial, que reencarnou várias vezes no seio da nossa querida Igreja Católica, dando a sua vida física para sustentar a proposta de Jesus, hoje tão esquecido, mal interpretado e usado, pela ganância dos homens para arrebanhar corações desaviados. “São os cegos que conduzem cegos”

Joana, sua mentora espiritual, seu anjo da guarda, como querem alguns, no dizer de Suely, é um dos guias da humanidade.

Nem tudo está perdido!

O meu amigo, advogado, que milita conosco no fórum da cidade de Itaporanga, Doutor SEVERINO DOS RAMOS, homem sério e consciente, ficou encantado com a verdade daquele homem. Enquanto uns estão vendendo tijolos, vendendo milagres, águas do Rio Jordão, morando em mansões em vários países, têm outros que entenderam a mensagem de Jesus, que promove o ser humano, faz o bem sem olhar a quem, e que liberta almas da ignorância espiritual.

Depois dos flashes de luz, vieram as reportagens sobre as sombras, desse planeta atrasado, corrupção daqui, corrupção da li. ““ Pobres” coitados terão que devolver até o último centavo”. Somos imortais e a vida cobra e não deixa passar, não há “jeitinho brasileiro na aplicação dessas normas. É como diz um amigo de longas datas: “Tolo é que lança uma pedra para cair na própria cabeça”.

A maioria dos nossos males, sociais e pessoais, é advindo dessa ignorância. Quanto mais desconhecedor dessa realidade, que somos espíritos imortais, viajando no carro do tempo, rumo á plenitude, ao aperfeiçoamento e que há leis soberanas, do “Direito de Deus”, que a academia apelida de Direito natural, dando a cada um que é seu e trazendo de volta ás semeaduras, mais dor e sofrimento.

Mas o Divaldo é um genuíno seguidor do Cristo, que voltou, por meio do Espiritismo, para resgatar o que foi perdido e dizer novas verdades. É o “Consolador Prometido”. Espalha o bem, realiza o bem e vive o bem.

O FANTÁSTICO DE ONTEM, FOI FANTÁSTICO

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
www.pensenisso.itaporanga.net

Foto de Reynollds Augusto.
Foto de Reynollds Augusto.

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Busão VII

onibus-lotado- DukePENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
………………………………………………………………………….
Busão VII
(Reynollds Augusto)

Em outros momentos eu fiz uma série de artigos relembrando as nossas viagens á cidade de Patos, perseguindo a graduação. Os acontecimentos, no interior daquela lata velha, o “busão” vermelho, daria ensejo a escrever um livro, e de muitas páginas.

Bons momentos. Parte de nossas vidas.

Várias gerações conseguiram chegar a termo nos seus objetivos. Muitos dos nossos excelentes professores terminaram na “Velha Chiquinha”, um nome carinhoso atribuído a hoje FIP, em processo constante de evolução. Eu, por exemplo, licenciei-me em História e parti para outras estradas.

O próprio prefeito, AUDIBERG ALVES, foi um desses atores, que participou de capítulos importantes das nossas vidas. Hoje, a demanda cada vez maior. E apesar disso, ainda é mais econômico e de extrema importância para o município, facilitar aos seus filhos essa oportunidade de educação superior.

Hoje, no programa institucional do governo municipal, que tem como âncora o grande Júnior Viriato, o prefeito sustentou que está colocando à disposição dos universitários, mais um ônibus e já serão quatro. Vai os nossos parabéns a quem tem compromisso com a educação.

Apesar de não ser obrigação municipal dispor de recursos para promover á educação superior, quando temos visão política a coisa se resolve. E o aspecto formal do direito, é menor do que o aspecto moral, de compromisso, com esses jovens. Tornou-se mais que uma obrigação legal. Não podemos deixa os nossos filhos desamparados nesse setor. Depende de decisão política e fundamental.

Parabéns ao professor e prefeito Audiberg Alves. Pois, nessa área, estamos “anos luz” de distância. Graças aos nossos “eficientes” políticos, adormecido, inoperantes.

Eu tributo ao nosso benfeitor TITICO PEDRO a vinda da IFPB para Itaporanga. Moveu forças e colocou á disposição da sociedade a Rádio Boa Nova FM, da Fundação Anália Rodrigues, para fazer a “zoada” necessária para a conquista. A idéia era trazer um Campus da UFCG, mas atiramos no que não vimos e acertamos em cheio a IFPB. Melhor.

Com a instituição dos cursos não presenciais aumentaram as oportunidades e sempre o prefeito está por trás, permitindo, facilitando, influenciando.

Mas, nas velhas viagens à cidade de Patos, que não é mais a mesma, pois nada fica para permanecer, sonhos, alegrias, tristeza, “brigas”, muitas horas na estrada, madrugadas adentro esperando o socorro da prefeitura. Muitos “muidos”.

Eita tempo bom.

O velho ônibus vermelho, duro, com seu motor “possante” ou passante, que quando passava de oitenta ninguém conseguia dormir, devido a “melodia” desgastante do seu barulho interno, ensurdecedor.

O velho motorista CHICO BRILHANTE, que muitas vezes sonhou na direção. Depois dessa descoberta ,pois vez por outra o ônibus queria entrar no mato, todas as noites, tinha um anjo da guarda deixando-o atento, fofocando, pois ele gostava do teor da conversa. Mas era por uma boa causa: não deixá-lo cochilar. E assim proteger as nossas vidas. Isso, sem que ele soubesse, elegíamos o “vigilante da noite” para não deixa o homem dormir. O “anjo da guarda”

De outra sorte tínhamos o cantor oficial, ANTÔNIO CARNEIRO, que cantava a velha música famosa do grande Roberto Carlos, mas só o refrão, até Itaporanga. Quando chegava a vez das trocas de cadeiras, á metade do caminho, o nosso “Pavaroti”, começava:

“Eu quero um coro de passarinho/Eu quero um coro de passarinho/ Eu quero um coro de passarinho/Eu quero um coro de passarinho…

Só cantava isso. A “radiola” enganchava.

Ninguém conseguia mais dormir .

Nem Chico Brilhante. Ainda bem.

PARABÉNS PREFEITO AUDIBERG ALVES !

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
www.pensenisso.itaporanga.net

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

O Céu e o Inferno

images (2) Fábio FadelFilosofia Espírita : O Céu e o Inferno
(Reynollds Augusto)

É sempre assim, uma quinta aulas de Filosofia Espírita, outra quinta de Educação dos sentimentos. Em ambas as experiências um preparo interior para seguir a estrada, sem ilusões. Os encontros são realizados no Centro Espírita Jesus de Nazaré, da cidade de Itaporanga. PB, ali por trás da nossa co-irmã, igreja católica,sempre pelas 20 horas.

A fala foi do jovem Fábio Fadel que discorreu inteligentemente sobre o tema o Céu e o Inferno. Ainda hoje tem gente que pensa que são lugares geográficos e não estados interiores.

A dogmática da ilusão, coisa do homem atrasado e dominador, distorceu a mensagem de raiz de Jesus. A tradição passou-a de maneira fora da realidade. Esses ensinamentos foram distorcidos.

Foi por isso que Jesus disse que mandaria o “Consolador Prometido. Tinha uma visão ampla e percebia mais além, muito mais alem, pela sua condição de espírito missionário. Sabia que homens dominadores, egoístas, iriam distorcer a sua mensagem. Eis que surge a Doutrina Espírita, que pouco a pouco vai tomando seu lugar na sociedade planetária. O consolador prometido que as religiões vivem esperando, como ainda os nossos irmãos judeus esperam o messias, pois não admitem que Jesus o tenha sido. A Doutrina espírita ainda está saindo das fraldas é” um bebê”, só tem um pouco mais de cento e cinquenta anos.

Muitos pensam que Jesus voltará, em carne e osso. Não entenderam a sua proposta. Mas, o tempo é o senhor da razão.

Todos nós sabemos que filosofia é a ciência das buscas, e seu nome expressa amor a sabedoria. Há inúmeras filosofias nos campos dos conhecimentos humanos. Filosofia Jurídica, Filosofia médica…

Quando eu estava na academia e esse é um dos melhores momentos da experiência pessoal de cada qual, me “deleitava” com o meu professor de Filosofia, Epifânio, que era um crítico do Direito Positivo, que sai da cabeça dos legisladores, nem sempre em sintonia com a pretensão social. Ainda bem que temos a constituição, a “Bíblia do Cidadão”, para corrigir os interesses.

A filosofia Espírita tem por objeto estudar vida. Faz as grandes perguntas que eu e você queremos saber sobre a existência, nesse que é um mistério inalcançável de entendimento, na nossa condição pessoal. Mas, somos buscadores.

Ná próxima quinta teremos “educação dos sentimentos”, estudo facilitado por Cláudia Bandeira e que mostra a estrada do equilíbrio, nessa vida que não tem fim.

Em outras oportunidades aproveitaremos os vídeos do Fábio Fadel, para reflexão. Foi aprovado, pela leveza e coerência doutrinária

E você, está o céu ou no inferno existencial?

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

1º Curso de Evangelizadores Espíritas do Vale do Piancó

Curso De Evangelização Espírita Do Vale do Piancó

(Reynollds Augusto)

Evangelizar a criança é preparar caminhos, é permitir que ela saiba distingui-los na escolha dos melhores, usando o livre seu arbítrio. É aparelhar o futuro cidadão para que ele se torne um homem de bem. Daí a velha assertiva, de que “Criança Evangelizada hoje, homem de bem amanhã”.

O Cesb (Centro Espírita Seareiros do bem) da cidade de Boa Ventura faz isso ha mais de vinte anos.

À frente dos trabalhos o Professor, licenciado em Letras e especialista Manoel Ferreira, que recebendo uma comunicação espiritual, lá “pelas bandas de São Paulo”, fora encaminhado para o sertão da Paraíba. À pequena cidade de Boa Ventura, sob a alegação, á época, de que ali estaria se formando um pequeno grupo espírita, e que serviria de base para a criação de uma entidade, cuja maior objetivo seria trabalhar com a criança e o adolescente. Dito e feito.

O “cabra” foi destemido. Arrumou as malas e veio para o sertão poético. Montou uma venda, comprou uma casa, estabeleceu-se na cidade e nos conhecemos. Eu, áquela época, ainda estava na fase dos sonhos, das buscas. Não que ainda não sonhe, pois quem não sonha já morreu antes de ter desencarnado. Mas, Desempregado, prestes a sair da cidade, para varar esse mundo e buscar um “lugar ao sol”. Como há uma ordem dentro da aparente desordem e temos os nossos compromissos pessoais, espirituais, encontrei “um lugar ao sol” por aqui mesmo. Disse ao meu “povo que ficaria”.

Fiquei e vi, como também acompanhei o esforço do Manoel Ferreira para estabelecer a Evangelização Infantil naquela cidade. Crianças, muitas crianças, como foi antecipado pela comunicação espiritual. Hoje oscilando entre cem e cento e cinqüenta, ás vezes mais, todas do conjunto Arcênio Alves. A maioria ,hoje, casados.
No começo foi uma dureza. A perseguição de alguns setores da sociedade. A desconfiança de muitos, que não entendia como alguém, estranho, do sudeste do País, resolvera educar crianças na cidade tão pequena, que não chega nem ser um bairro da grande São Paulo.

Perseguição, arbitrariedade, as “trevas” querendo melar o projeto de Deus. Até polícia proibiu, por algum tempo, as reuniões de evangelização, por conta de uma ordem judicial desarrazoada e totalmente fora da legalidade, devidamente “derrubada”. Depois disso mais fortalecimento, mais reconhecimento e a casa cresce cada vez mais, com a ajuda da espiritualidade maior.

As barreiras foram vencidas e hoje o reconhecimento é geral.

Muitos dos nossos evangelizandos estão espalhados pelo Brasil a fora e reconhecem a importância das aulas, das dicas de vida, ensinadas pelo mestre dos mestres, que é Jesus de Nazaré, transmitidas por pessoas de boa vontade, à luz do consolador prometido, que é o Espiritismo. Hoje, casados, fazem o mesmo com seus filhos. O Cesb é uma luz acesa nesse mundo de trevas, ás vezes densas.

“Bem aventurados os homens de Boa Vontade”

O encontro foi feliz. O Cesb reuniu as três casas do Vale do Piancó, em um dia de confraternização, renovando a certeza de que a criança é o esteio para o equilíbrio do mundo. Uma aula que emocionou esclarecendo a todos, preparando os evangelizadores para se comprometerem com a essência, pois o secundário e fugidio fica por aqui.

Quem esteve conosco nesse dia de magia, fora amigos simpatizantes da cidade de Serra Grande e como também, a nossa amiga ex – Secretária do Município de Itaporanga, com pasta nessa área, a professora BETÂNIA GALDINO, que ficou surpresa com a desenvoltura do Professor Manoel e por mais enriquecimento ao seu currículo

No intervalo aquele almoço fraterno preparado pela a eterna presidente Dona Ângela e pela esposa do expositor, como a ajuda dos amigos simpatizantes da cidade de Serra Grande. Agradecer, em especial, ao Presidente do Cesb, Nivaldo Freitas, pela recepção calorosa.

Em 2016, estaremos juntos novamente, naquele que será o:

“Segundo Encontro de Evangelizadores Espíritas do Vale do Piancó.”

“Jesus espera por nós”.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
www.pensenisso.itaporanga.net

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Nós Podemos

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
……………………………………………………………………………
Nos podemosQuem Pode Mais?
(Reynollds Augusto)

Desde que o mundo é mundo e que o espírito foi criado no “campo da vida”, as relações psíquicas acontecem nessa interação constante entre a esfera espiritual e a material.

“O fenômeno é contínuo, pois todos nos somos “pensamento”, que precisa de um instrumento para agir e interagir no mundo material, que é o corpo somático, que tem um ‘molde” anterior, criação de Deus. O corpo físico perde a sua energia vital a cada dia, minuto, segundo,

O tempo é curtíssimo e ele “nem existe” e podemos, com a nossa irresponsabilidade antecipar o retorno e até, também, com consciência, prolongar a estadia aqui no Planeta.

Tem muita gente boa que está na compulsória. Já era para ter “batido as caçoletas” e ainda permanecem aqui para cumprir a sua missão. Eu sou um desses, já era para ter partido, por conta de um gravíssimo acidente de moto. Tinha tudo para morrer e estou aqui, contando a história.

Aqui em Itaporanga, “os meus irmãos” me mataram muitas vezes. Mas, “é uma pena” que não fui. Os pecados são muitos. É preciso depurar. Os desvarios diriam que fora “milagre”. Mas milagres não existem, pelo menos como os entendemos. Mas,  faço minhas as palavras do grande pensador Einstein:

“Há apenas duas maneiras de se ver a vida: Uma é pensar que não existem milagres e a outra é acreditar que tudo é um milagre.”

Gosto desse “cabra”.

Por mais que você tente explicar a vida ela foge á nossa “racionalidade”. Não temos elementos íntimos para entendê-la. O nosso orgulho e egoísmo não deixam. Ainda somos “materialistas” demais para alcançar as “coisas” da espiritualidade.

A religião, que deveria ser a porta da libertação do ser humano, se degenerou nas fórmulas e conceitos pré-estabelecidos para dominar as mentes desavisadas.

Eu penso que Deus e Jesus estão longe da maioria das religiões. São cegos que conduzem cegos, no dizer de Jesus. Essa assertiva continua atualíssima.

A grande verdade é que somos “deuses”, com “d” minúsculo, no dizer de Jesus. Ou seja, temos potencialidades que precisam ser desenvolvidas. É preciso sair do automatismo social e preparar a mala para o retorno. Nem eu sei se depois de “escrivinhar” essas letras estarei aqui amanhã e nem você, leitor, se depois de lê-las
Ontem, no Centro Espírita Seareiros do Bem, da cidade de Boa Ventura, tratamos do tema “Desvio de rota”, do renomado escrito espírita Richard Simonneti. Um curso de vida, nos ensinando a bem viver, sem mágicas.

Hoje, á tarde, fui á farmácia onde a minha amiga , Edilma, trabalha; e sempre compro remédios com ela, pela simpatia. Lá tinha um senhor presente, com seus problemas pessoais, me perguntando se a Doutrina Espírita resolveria o seu problema. Por certo sabia que sou espírita, graças a Deus. Disse a ele que Doutrina Espírita, Jesus e Deus, não resolve problema de ninguém. Nem os espíritos, coitados, têm deles pior do que nós. Tem gente que fica “amolando” os espíritos e não sabem que o que nos acontece não é nada mais, nada menos que colheita, de uma semeadura que é livre.

Mas, nós podemos resolver os nossos problemas quando atingirmos a maturidade, pois, na verdade, não há doenças e sim doentes.

Mas, leitor , nós podemos.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

Itaporanga

23 de janeiro às 12:27 · 

 ITAPORANGA

Vinte anos! É isto mesmo! Vinte anos que não via a minha terra! Senti bater forte o coração quando o carro, que nos conduzia, dirigido por João Dehon, fez a curva mais ou menos à altura do Ginásio D.João da Mata, indicando o perímetro urbano! Estava dentro de Itaporanga, após longa data. Que bom!

Ali encontrei amigos e familiares que não via há muito tempo! Até meus primos, que pregam a palavra de Deus, Reynolds e Carlitinho (Pastor Augusto) estavam ali e eu lhes dei um presente, a palavra de Jesus. Brincadeira à parte, foi uma visita proveitosa ao velho Torrão natal. Fiquei maravilhado com o crescimento da cidade, mas, ao mesmo tempo, senti um pouco de melancolia por não ver mais minha Itaporanga da infância e juventude. Que fazer? É a força do progresso!

Senti-me um estrangeiro em minha própria Terra. Ruas e mais Ruas com as casas completamente modificadas. O que foi feito da minha 5 de agosto? Todas a residências deram origem a outras completamente diferentes, pelo menos no que diz respeito à fachada, até a plaquinha que dava nome à Rua, 5 de agosto, foi rebatizada! Alguém na Roma antiga, por certo, diria: Tempus inexorabilis est! Non misereatur! – O tempo é insensível! Não tem misericórdia! Num trocadilho, posso dizer, não havia mais Misericórdia.

Parabéns a Paulo Rainério que enriqueceu a pobre comemoração do sesquicentenário do Município com o seu grandioso Mural, no Atlântida Clube, expondo muitas raízes da Itaporanga de outrora! Sentimentalmente, foi uma viagem muito proveitosa à Paraíba! Pude rever e abraçar muitos conterrâneos, muitas conterrâneas que a muito não tinha oportunidade de vê-los, hoje, quase todos, Pais, Mães e até Avós e Avôs. Fiquei feliz em me sentir mais um deles! O lançamento do Livro Biu de Dedé, foi um sucesso, tanto em João Pessoa, como em Itaporanga!

Parabéns a Tõin Fonseca não só pelo Escrito, mas também, pelo evento em si que serviu de Elo, de reaproximação da Família Itaporanguense, numa formidável reintegração de nossa Comunidade! Parabéns ao Presidente e a toda Diretoria da ASFITA que estão conduzindo nosso Clube, que na verdade é Itaporanga no seio de João Pessoa, com garbo!

Leave a Comment

Filed under Pense Nisso

“O que é isso dotô?!”

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

…………………………………………………………………………………………

So-sei-que-nada-sei“Que que é isso seu dotõ?!”

(Reynollds Augusto)

 O idioma português é riquíssimo e não há língua mais bela. Uma derivação do latim. Segundo os estudiosos ela veio de uma mistura do latim vulgar, variante da língua romana, e do galego, da Galícia. Os povos, as culturas, as maneira de falar, realizaram transformações na língua. No Brasil essas transformações foram influenciadas pelos povos africanos e também pelos indígenas.

 Uma interferência cultural interessante é o chamado “Nordestinês”.  O “Nordetines” paraibano é muito criativo. Coisas como não ficar solteiro, mas, “solto na bagaceira”; não ir embora e sim “pegar o beco”; não tomar um “drink’, mas “tomar uma”, uma “lapada’. E essa “uma” nunca fora apenas uma dose , mas sim um milhão de doses. Eu deixei de tomar “uma’ cedo. Ainda bem.  E Por aí vai…

 Mas quem sabe falar ou escrever um português autêntico , fiel e belo é a veneranda Joana de Angelis. Que compreende bem de  sinonímia, concordância perfeita e tudo mais , utilizando sempre de palavras novas, ricas e não percebidas no dia a dia. Queira saber, leia os livros da grande Joana. Você vai ver. Um show de consciência e psicologia cristã.

 A mentora espiritual do “Paulo de Tarso” dos dias atuais, Divaldo Franco, que quando fala, faz-nos viajar, sem sair no lugar, no mundo das maravilhas, do ideal, como diria o grande pensador grego, Sócrates, já passou por essas plagas, experimentando vários momentos na formação da sua individualidade. Sempre reencarnou no seio da nossa querida irmã igreja católica, defendendo o pensamento Crístico, ao ponto de dar muitas das suas reencarnações, ou vidas físicas, algumas vezes, na defesa da sua igreja. Hoje, complementa, com riqueza própria, a Codificação do missionário Allan Kardec.

 Certo dia um repórter perguntou ao Divaldo porque Joana escrevia tão difícil, do habitual. Ele falou, mais ou menos, que a cultura faz parte do seu psquismo pessoal e que não consegue fazer diferente. Que ela “em vez de baixar, ajuda-nos a subir”. Isso é primordial para o desenvolvimento do ser humano. Eu que não sou bobo, ao lê-la, sempre estou com um dicionário ao lado e anotando tais palavras. E muitas vezes só encontro os sinônimos  na net, pois nem os dicionários as possuem.

 Tão rica como a linguagem de Joana  é a linguagem jurídica. Mas  aí está apenas o tecnicismo, não usual no dia a dia. Quando estava na academia  havia um movimento para que os magistrados, promotores, utilizassem um escrever objetivo, claro, sem o verniz da técnica, sem tanta pompa, pois as decisões são para os jurisdicionados e em muitos casos, nem os operadores, ou operários do direito – melhor dizendo-  sabem o que o juiz escreveu e aqui para nós, nem eles. Hoje com  essa onda do “Ctrl V e Ctr C”  o negócio está uma “bagaceira”.

 Mas,  surgiu um neologismo criado pelo escritor espírita e bancário aposentado Richard Simonetti. Admiro muito os seus textos. Essa palavra não se encontra, ainda, nos dicionários, é o chamado “Espiriteiro”. Uma espécie de espírita, sem ser espírita, ou cristão,sem ser cristão. Jesus tratou desses quando dizia que “ muitos escutam, mas não ouvem; olham, mas não vêem”. Ou como disse o professor Kardec, no Evangelho Segundo o Espiritismo, no capítulo XVII: “ Nalguns ,ainda muito tenazes são os laços da matéria para permitirem  que o espírito se desprenda  das coisas da Terra ; a névoa que  os envolve tira-lhes a  visão  do infinito…”

 É bom dar uma espiada.

 De uma forma ou de outra a linguagem do espírita sempre será a do amor, do conhecimento. Com dicções ‘pobres’ ou ‘ricas’, o nosso objetivo é a busca da verdade, como disse o professor e mestre Jesus, o de Nazaré.

 Mas, “é fácil escrever difícil o difícil é escrever fácil”

 PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO.

Comments Off

Filed under Pense Nisso